Paraibano 2017

Dirigente do Nacional de Pombal disse que acionará o TJD-PB

Segundo o dirigente do Camaleão do Sertão, o árbitro Diogo Roberto errou ao recomeçar a partida

Paraibano | Em 14/08/17 às 17h14, atualizado em 14/08/17 às 17h36 | Por Franco Ferreira, do Jornal Correio da Paraíba
Paulo Costa/TV Correio
Equipe de Patos venceu duelo de 'Nacionais'

Com gol irregular, o Nacional de Patos venceu a estreia do Campeonato Paraibano da Segunda divisão diante do Nacional de Pombal, pelo placar de 2 x 1, em partida realizada no último sábado (12), no Estádio José Cavalcante, em Patos. O vice-presidente do clube pombalense, Caio Bezerra, destacou a irregularidade do gol e afirmou que o clube entrará com ação no Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD-PB). Assista a reportagem no fim da matéria.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

“Vamos entrar com uma ação junto ao Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paraibana de Futebol, solicitando a anulação do segundo gol do Nacional de Patos”, afirmou o dirigente do Nacional de Pombal, Caio Bezerra.

Segundo o dirigente do Camaleão do Sertão, o árbitro Diogo Roberto errou ao recomeçar a partida com apenas três jogadores do Nacional de Pombal em campo de jogo.

“Após o Nacional de Pombal marcar o gol de empate, oito jogadores foram comemorar, fora das quatro linhas, junto ao alambrado com a torcida. Mesmo assim, o árbitro reiniciou a partida, permitindo que o Nacional de Patos marcasse o segundo gol. Nunca se viu isso no futebol. Nosso time não tinha intenção de retardar a partida”, lamentou o vice-presidente do Nacional de Pombal, Caio Bezerra.

Comentário de um ex-árbitro

O ex-árbitro da Federação e CBF, Miguel Félix, que comandou o departamento de árbitros da Paraíba, considera que houve falta de bom senso do árbitro. Miguel afirma que “o gol foi ilícito, pois a regra recomenda que, após a marcação de um gol, será necessário que os jogadores do outro time estejam no campo de jogo, para o reinicio da partida”.

Miguel Félix, que é comentarista de arbitragem, em uma rádio da cidade de Patos, afirmou que o gol foi irregular com base nas regras do futebol e criticou a escala de arbitragem para a Segundona.

“Tenho esta opinião com base na regra do futebol. Outra coisa, poderia ter-se evitado a escalação de um trio sem experiência para um jogo tão importante, entre dois times da Região do Sertão”, critica o ex-árbitro.


Correio Esporte - Na estreia da segunda divisão... por tvcorreio

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Atenção

Fechar