Estação inscreve para cursos grátis de Astronomia e Latim; veja o que fazer

7
0
COMPARTILHE

As inscrições gratuitas para os cursos de Astronomia e Latim, ambos básicos, na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, serão abertas nesta terça-feira (10), sendo necessário apenas comparecer a recepção do prédio administrativo e preencher a ficha com dados pessoais e assinar para emissão do certificado no encerramento das atividades.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

No curso de Astronomia Básica estão sendo ofertadas 40 vagas. A idade mínima para participação é de 10 anos. As aulas serão ministradas pelo professor Marcos Jerônimo e têm início no dia 7 de fevereiro e prosseguem até 7 de março de 2017, em dois dias da semana, terças e quintas-feiras, na sala de convenções 2, prédio administrativo, no horário de 18h30 até 20h30.

O professor explica que a linguagem aplicada no curso será a mais didática possível, com o foco nas pessoas que têm interesse em aprender mesmo não sendo perito na Ciência dos Astros. O curso tem duração total de 24 horas/aula e será dividido em dois momentos. No primeiro será explorado o universo teórico da Astronomia. Depois haverá as demonstrações práticas com seus alunos.

Segundo Marcos Jerônimo, a intenção é fazer com que o participante conheça a história, as principais constelações do universo, a terra e os seus movimentos, posicionamento geográfico, e aprenda a operar os equipamentos de observação dos astros (lunetas, telescópios e binóculos).

Já o curso de Latim Clássico, módulo 1, será ministrado pelo professor Leandro dos Santos. Estão sendo ofertadas 40 vagas. A faixa etária para participação é a partir dos 14 anos de idade. As aulas têm início no dia 7 de fevereiro e prosseguem até o dia 6 de julho de 2017, em dois dias da semana, sempre às terças e quintas-feiras, no horário das 15h30 até as 17h30, na Sala de Convenções 2, do prédio administrativo.

O curso de Latim, segundo o professor Leandro dos Santos, é voltado para o aprendizado da língua, com intuito de iniciar a prática de leitura e tradução de textos escritos em Latim. “Por ser uma língua sintética, cheia de declinações, o Latim exige que o leitor faça análise de cada frase para poder compreendê-la. A prática aumenta de forma extraordinária o domínio da linguagem”, comentou Leandro.

O Latim tem tradição literária e filosófica. Desde os “comediógrafos” (aquele que escreve comédias) como Platão (século II, a.C.) até os filósofos do porte de São Tomás de Aquino (século XIII) até os filósofos modernos como Leibniz (século XVIII) escreveram e falavam em Latim. “Conhecendo o Latim temos acesso as obras que nunca foram traduzidas e constituem um tesouro fora do alcance da maior das pessoas”, explicou o professor Leandro.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas