Estacionamentos no Parque do Povo podem cobrar até R$ 45 no São João de CG

73
0
COMPARTILHE

O Procon Municipal de Campina Grande, em Parceria com a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) da cidade, realizou uma reunião com os proprietários dos estacionamentos rotativos nas imediações do Parque do Povo e definiu uma tabela de preços que serão cobrados, entre outras adequações.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Na audiência foram estabelecidos ajustes para quem irá fornecer esse tipo de serviço, sobretudo no período noturno, das 18h às 5h. Foram acordadas obrigações como apresentar documentação que autoriza o funcionamento, comprovação de vistoria de segurança realizada pelo Corpo de Bombeiros e reserva de vagas para idosos e pessoas com dificuldade de locomoção.

A novidade deste ano, é que os estacionamentos autorizados terão que expor um selo de segurança de forma visível para os consumidores. O padrão será fornecido pela STTP a todos os estabelecimentos regularizados. Outra exigência é que seja fornecido ao consumidor ticket/comprovante onde constem informações como placa e modelo do veículo, horário de chegada, valor a ser cobrado como o respectivo período e identificação do fornecedor do serviço (nome do estacionamento, endereço e telefone).

Além disso, deverá ser afixada uma tabela de preços contendo informações quanto à variação de preços em relação aos tipos de veículos, formas de cobrança (por hora ou noite), valor da fração em caso de cobrança por hora, horário de abertura e encerramento, como também a capacidade do estacionamento.

No período das 18h às 5h em dias de maior movimento (sextas, sábados e domingos), os estacionamentos poderão cobrar até R$ 30 para carros pequenos, até R$ 45 para carros de porte médio e grande e até R$ 20 para motos. Já durante a semana (de segunda a quinta), foram acordados que seriam cobrados até R$ 15 para carros pequenos, até R$ 25 para carros de médio e grande porte e para estacionar motos até R$ 10. Até a próxima sexta-feira (19), todos os estacionamentos receberão uma circular com todas as informações para que se adequem.

A multa pelo descumprimento varia de R$ 1 mil a R$ 10 mil por cada ato de infração, de acordo com portaria de dosimetria do Procon Municipal.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas