Estado conclui miss?o do projeto ‘PB Rural Sustent?vel’ junto ao Banco Mundial

12
COMPARTILHE

O Projeto Cooperar concluiu, nessa sexta-feira (15), a última missão de preparação do projeto PB Rural Sustentável antes da assinatura de acordo de empréstimo entre o Governo e o Banco Mundial, a qual a efetivação deve ocorrer até início de abril. Serão beneficiadas 165 mil pessoas de comunidades rurais.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O Projeto PB Rural Sustentável, uma parceria o Estado (via Cooperar) com o Banco Mundial, destinará, até 2022, US$ 80 milhões para investimentos produtivos, de abastecimento d’água e outras áreas.

Durante uma agenda de trabalho de cinco dias, técnicos do Projeto Cooperar e do BM discutiram os tipos de projetos que serão implementados, orçamento, envolvimento de instituições parceiras, cronograma de execução do PB Rural Sustentável, metas, indicadores, sustentabilidade dos investimentos de água, sistema de redução de risco agroclimático, e outros aspectos.

Num dos principais componentes do projeto – denominado ‘Acesso à Água e Redução da Vulnerabilidade Agroclimática’, serão implantados 1.093 projetos de convivência com a estiagem, como sistemas de abastecimento d’água, abastecimento e armazenamento de água para a produção agrícola e pecuária, diversificação da produção agropecuária e gestão dos recursos naturais.

A novidade no PB Rural Sustentável será o financiamento de 170 alianças produtivas com obras, bens e serviços, onde as organizações de agricultores serão estimuladas a implantar seu próprio negócio com a garantia de venda da sua produção para o mercado formal e informal, previamente acordado entre vendedor e comprador, seguindo as especificações do mercado.

A missão de preparação do projeto também teve a participação da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), Cagepa, Aesa e Cinep, Banco do Nordeste e Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep).

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas