Estátuas sofrem com vandalismo em JP; monumentos deverão ser restaurados

18
0
COMPARTILHE

As estátuas de Augusto dos Anjos e do poeta popular Manoel José de Lima, conhecido como Caixa D’água, que ficam nas praças José Américo e Aristides Lobo, no Centro de João Pessoa, estão sofrendo com o vandalismo e a depredação. As obras tiveram placas danificadas e em uma delas uma maleta foi roubada. As duas, assim como outros monumentos da Capital, deverão receber serviços de restauração.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a leitora do Portal Correio Nicolle dos Anjos, a estátua de Augusto dos Anjos está desprotegida e vem recebendo ações de vândalos constantemente. No local, a placa de identificação foi danificada e a área em volta da estátua não vem sendo preservada. Já a estátua do poeta Caixa D’água teve a maleta roubada por vândalos.


Obras vão receber restauração

Ao Portal Correio, o coordenador do patrimônio Cultural de João Pessoa, Rui Leitão, disse que a prefeitura vem desenvolvendo um inventário de todas as estátuas e obras culturais da cidade para verificar a situação física de cada uma e analisar quais precisam de serviços de manutenção ou restauração.

“Temos conhecimento desses casos e estamos preparando um inventário de todas as estatuas da cidade. É um relatório que diz a localização, o estado de conservação, a história do homenageado e o artista que a criou. Com isso, teremos a noção de quais obras precisam mais urgentemente de ações de conservação ou restauração”, contou Rui Leitão.

Ainda segundo o coordenador, o relatório vem sendo realizado por dois técnicos e a previsão é de que ele fique pronto até o início de setembro.

“Com o documento em mãos, vou analisar a situação de cada obra e estabelecer prioridades. Ainda não tenho como precisar uma data para que as intervenções comecem, mas elas serão realizadas de forma urgente para que nós possamos preservar o nosso acervo histórico e cultural”, concluiu Rui Leitão.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas