Estudante da PB tira nota máxima em Matemática no Enem e dá dicas de estudo

31
0
COMPARTILHE

O estudante paraibano Fábio Serra, de 17 anos, conquistou a proeza de acertar todas as 45 questões da prova de ‘Matemática e suas Tecnologias’ na edição mais recente do Exame Nacional do Ensino Médio, tendo a nota de 991,5, confirmada na divulgação do resultado nessa quarta-feira (18). O adolescente também se destacou em outros testes do exame, como o de Redação, no qual teve 960 de nota, obtendo uma média aritmética de 842,5 entre as cinco provas do Enem. Confiante em ser aprovado para o curso de Medicina da Universidade Federal da Paraíba, o jovem conta a trajetória dele e oferece dicas de estudos.

Leia também: Estudantes já podem consultar vagas do Sisu; inscrições começam dia 24

“Minha preparação não foi só no terceiro ano. Esse é um erro comum, pois muitos deixam para se preparar quando a prova já está perto. Desde o primeiro ano do ensino médio que eu estudava para o Enem, focando mais na área de Exatas, estudando disciplinas como Matemática, Química e Física, pois eu pensava em cursar Engenharia Aeronáutica no ITA”, contou Fábio.

Por ter mais afinidade com as ciências exatas, Fábio Serra participou, por quatro anos, de olimpíadas de Informática, Matemática, Física e Astronomia, em edições estaduais e nacionais, nas quais obteve, além de menções, 14 medalhas de ouro, 14 de prata e cinco de bronze. Tendo se destacado nessas competições, o estudante ganhou uma bolsa de estudos de uma instituição de ensino em Fortaleza (CE), onde passou oito meses, entre o segundo e terceiro ano do ensino médio, dedicando-se à preparação para o vestibular do Instituto Tecnológico de Aeronáutica.

Leia mais Notícias no Portal Correio

De volta a João Pessoa, já tendo absorvido no Ceará o conteúdo de exatas exigido no Enem, Fábio mudou de ideia quanto a cursar Engenharia e retomou o sonho antigo de cursar Medicina.

“Como já tinha estudado grande parte do conteúdo do ensino médio e até algumas coisas de cálculo de nível superior, foquei mais em Biologia, Filosofia, História e Geografia”, destacou o estudante, que também teve aulas em um curso intensivo de três meses com conteúdo voltado para a prova de Redação do Enem.

“Na minha preparação, eu tentava nunca me prender a horas de estudo, mas criava metas. Eu determinava: ‘hoje vou estudar dois capítulos de algum assunto’, então procurava cumprir o que estabelecia, lendo o conteúdo e resolvendo exercícios”, disse Serra, que, após se notabilizar pelo bom desempenho no Enem, foi contratado para trabalhar prestando consultoria a outros estudantes, elaborando planos de estudo e oferecendo dicas diversas.

Conforme explicou, é importante que o aluno conheça bem a prova. “É bom ver provas antigas e analisar o cronograma de assuntos, vendo o que cai mais e direcionando melhor os estudos”, afirmou.

Ao analisar as provas de anos anteriores, Fábio contou que é sempre válido resolver as questões delas, até para avaliar como está o nível de conhecimento e preparação do estudante, que deve também marcar o tempo de resolução dos testes.

“Nos simulados que eu fazia, completava a prova de matemática em 1h10. No Enem, tentei ficar mais calmo para não errar besteira e fiz em cerca de 1h40”.

Ter afinidade com o assunto também é relevante no dia da prova. Começar pelo conteúdo que tem maior aproximação também é uma boa orientação. ‘Matemática e suas Tecnologias’, por exemplo, foi o primeiro teste feito por Fábio, que em seguida partiu para as provas de Redação e ‘Linguagens, Códigos e suas Tecnologias’.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas