Estudante de Direito é preso por desviar R$ 3 mil de vale alimentação de funcionários, em JP

165
COMPARTILHE

Um estudante de Direito, de 44 anos, foi preso, nesta quinta-feira (23), suspeito de desviar valores de vale alimentação de funcionários de uma concessionária de motos de João Pessoa. O golpe já contabilizava R$ 3 mil em favor do suspeito.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Polícia Civil em João Pessoa, o suspeito coagiu um funcionário semianalfabeto que trabalhava no setor de limpeza da concessionária e dava R$ 160 a ele para que pudesse depositar os valores desviados em seu cartão.

“O suspeito trabalhava no setor de RH da empresa e usava o cartão de um zelador do local para depositar os valores desviados. Em troca, o zelador recebia R$ 160 por mês”, disse a DDF.

Ainda segundo a DDF, o estudante suspeitou que o golpe havia sido descoberto e extorquiu o zelador, o obrigando a denunciar outro funcionário da empresa como o responsável pelo crime.

A DDF também informou que o suspeito já responde a cinco processos por uso de documentos falsos e falsidade ideológica. Além disso, ele responde processo na Polícia Federal.

Com o suspeito a polícia apreendeu dois carregadores de pistola, mas sem munições. Preso, o estudante foi encaminhado para a Central de Polícia da Capital e vai responder por posse irregular de acessório de arma de fogo, extorsão indireta e fraude processual.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas