Ex-prefeito da Paraíba se livra de multa superior a R$ 308 mil

5
0
COMPARTILHE

O ex-prefeito de Itapororoca, Erilson Cláudio Rodrigues, se livrou da multa superior a R$ 308 mil imputada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB). A pena era relativa a aquisição de combustíveis sem apresentação de notas fiscais que comprovassem os valores gastos. Após sessão nesta quarta-feira (20), o TCE informou que os documentos já foram apresentados. O órgão, no entanto, manteve a condenação do ex-gestor devido ao não pagamento de salários aos servidores.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Também foi mantida a desaprovação às contas de 2013 do prefeito de Curral de Cima, Nadir Fernandes de Farias. Gastos com a folha de pagamento acima do limite legal contribuíram, entre outras falhas, para a reprovação das contas de 2013 encaminhadas pelo presidente da Câmara de Vereadores de Cruz do Espírito Santo, José Ediberto Gomes de Melo, conforme voto do conselheiro Fernando Catão, contra qual ainda cabe recurso.

Ainda nesta quarta-feira, o TCE-PB emitiu pareceres favoráveis à aprovação das contas apresentadas por cinco prefeitos paraibanos. Foram eles: Adriana Aparecida Souza de Andrade, de Pilões, com ressalvas e em fase de recurso; Jairo Halley de Moura Cruz, de Serra Grande; Joana D’Arc Rodrigues Bandeira Ferraz, de Mulungu; Celso de Morais Andrade Neto, de Itapororoca; Deusaleide Jerônimo Leite, de Igaracy.

Tiveram as contas de 2014 aprovadas os Encargos Gerais da Secretaria de Estado das Finanças e as Câmaras Municipais de Solânea e Ingá, com ressalvas nos dois últimos casos.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas