Ex-prefeito é condenado a 8 anos de prisão por supostas irregularidades em licitações

71
0
COMPARTILHE

O ex-prefeito da cidade de Alagoa Nova, Luciano Francisco de Oliveira, foi condenado pela Justiça Federal a oito anos de prisão. O ex-gestor é suspeito de ter praticado suposto desvio de recursos públicos, com a participação de empresas fantasmas.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, as irregularidades encontradas teriam ocorrido em três licitações. Dentre elas, duas que tinham por objetivo a construção de banheiros públicos a partir de convênio firmado com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

Outra licitação celebrada na gestão do ex-prefeito se deu para pavimentar uma área da zona rural e construir um viveiro de mudas na cidade. Para tanto, o município celebrou convênio com o Ministério do Desenvolvimento Agrário.

As empresas participantes das licitações integrariam uma organização criminosa, que fraudava os processos licitatórios em várias cidades do estado.

A decisão da Justiça também impôs o pagamento de indenização no valor de R$ 81.553,80. O ex-gestor poderá recorrer da pena em liberdade.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas