Família de paraibanos mortos na Espanha faz ‘vaquinha’ para trazer corpos a João Pessoa

119
0
COMPARTILHE

Familiares do casal paraibano e dois filhos pequenos assassinados em Pioz, na Espanha, lançaram campanha para levantar recursos necessários para trazer os corpos a João Pessoa. As contribuições devem ser feitas pelo site de financiamento coletivo Vakinha. O objetivo é arrecadar R$ 100 mil até a sexta-feira (30).

Leia mais Notícias no Portal Correio

Marcos Campos, 40 anos, Janaína Santos, 39, e as crianças Maria Carolina, 5, e David, um ano, foram encontrados mortos no domingo (18). Os corpos estavam em sacos plásticos e peritos acreditam que o crime tenha ocorrido há pelo menos um mês. Marcos e Janaína, além de mortos, foram esquartejados.

Leia também: * Paraibano esquartejado na Espanha também teria sido torturado até a morte

Walfram Campos, irmão de Marcos, diz que a família não tem recebido apoio financeiro dos governos estadual e federal. Segundo ele, será necessário que alguém viaje ao país europeu para acompanhar as investigações e tratar da liberação dos restos mortais. Ele calcula que o traslado de cada corpo deva custar em torno de R$ 22 mil, montante que os familiares não dispõem. “Tudo o que temos são passagens de ida e volta e duas diárias num hotel, embora a viagem vá durar 30 dias”, explica.

O motivo do crime ainda é investigado pelas autoridades espanholas, que trabalham a hipótese de ajuste de contas. A cada dia, crescem rumores de que Marcos estaria com muitas dívidas. Um especialista em perfis criminais chegou a cogitar envolvimento de uma grande organização criminosa no caso, mas familiares negam que os paraibanos tenham tido contato com atividades ilícitas. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas