Festa das Neves resgata a tradi??o nordestina com atra??es no Centro de Jo?o Pessoa

5
0
COMPARTILHE

A Festa das Neves continua na noite desta terça-feira (4), em João Pessoa, com atrações que misturam cultura popular, diversão e religiosidade. A partir das 18h tem apresentação do Mestre Clébio no Pavilhão dos Brincantes, (Ponto de Cem Réis), depois é a vez das Mulheres do Congaço (Grupo de Dança do Sesc-JP) e o encerramento fica por conta das danças ciganas com a performance do Grupo Fênix. Veja aqui a programação completa da Festa das Neves.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

Na noite dessa segunda (3), no Centro da Capital, o teatro do Mestre Clóvis e o Babau da Paraíba e o ritmo do grupo Afoxé Liberdade Negra se apresentaram no Pavilhão dos Brincantes, no Ponto de Cem Réis e a principal atração da noite, o cantor Glauco Meireles, trouxe o romantismo da música popular brasileira.

Feitos em papel machê, garrafas pet e produtos naturais, os personagens do artista guarabirense Mestre Clóvis levaram o público ao riso com histórias que envolviam a plateia nos improvisos. Personagens como Nêgo Benedito, Florisbela e a dançarina Raimunda, entre outros, resgataram a arte da cultura de bonecos, chamados de babau, para apresentar aos pessoenses durante a programação profana da Festa das Neves.

O grupo de Bayeux, Afoxé Liberdade Negra e Mestre Armandinho se apresentou em seguida mostrando o som dos atabaques, surdos, timbal e agogôs e entoaram músicas do segmento religioso de umbanda, candomblé, gueto e negô.

Para encerrar a noite, o cantor cajazeirense Glauco Meireles trouxe seu repertório repleto de romantismo, sem deixar também de lado as tradições nordestinas, com o destaque para ícones do forró, como o rei do baião, Luiz Gonzaga. Glauco compôs, quando João Pessoa completou 427 anos, a música Redescobrindo João Pessoa, em homenagem à Capital paraibana.

No Ponto Cem Réis também apresentam seus trabalhos as artesãs do Projeto João Pessoa Artesã, da PMJP. As mulheres que integram grupos de artesãs estão vendendo seus produtos, entre eles bonecos, sandálias, brinquedos de madeira, bijuterias, artigos de decoração, crochê, entre outros objetos feitos com suas habilidades manuais. A coordenadora de Trabalho e Enfrentamento à Pobreza da Secretaria das Mulheres, Regina Bonfá, afirmou que os trabalhos estarão expostos e à venda até esta quarta-feira (5).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas