FPF elimina Paulista e Batatais decide Copinha contra o Timão

8
0
COMPARTILHE

A Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou na tarde desta segunda-feira (23) a eliminação do Paulista de Jundiaí da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com isso, o Batatais fará a final da competição contra o Corinthians.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A decisão da FPF foi tomada depois que a entidade analisou a documentação do zagueiro Brendon Matheus, do time de Jundiaí. De acordo com a denúncia apresentada pelo Batatais, Brendon teria 22 anos e não 19 e, assim, não poderia disputar a Copinha, realizada entre equipes sub-20. O Batatais foi derrotado pelo Paulista em uma das semifinais.

Segundo reportagem da ESPN Brasil, o verdadeiro Brendon Matheus Araújo Lima dos Santos, nascido em 1997, está preso por assalto a mão armada, cometido em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. O atleta que atua com os documentos de Brendon seria, na verdade, Heltton Matheus Cardoso Rodrigues, nascido em 1994. Ele atuou profissionalmente pelo São Gonçalo em 2014.

“Essa Copa é importantíssima. Quem mais foi punido foram os jogadores e o Paulista por um erro de quem nem vou chamar de atleta, vou chamar de criminoso”, disse Antônio Olim, presidente do Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo. Segundo o presidente do TJD-SP, Heltton seria natural do Ceará, onde teria emitido seu RG. O TJD pediu informações à polícia do estado para comparar impressões digitais.

“Ele [Brendon / Heltton] já vem jogando em outros times com esse documento. Então, o Paulista foi na boa fé e o colocou. Se lá na frente a gente descobrir que o Paulista está envolvido, ele será punido. Acho que agora não é hora de punir o Paulista. A maior punição é não poder enfrentar o Corinthians. Quem mais foi punido foram os jogadores do Paulista que não poderão atuar”, afirmou Olim.

Paulista se diz vítima

Pouco antes de a FPF decidir tirar o Paulista da final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o time de Jundiaí soltou uma nota para se defender. O clube alega que também seria vítima do suposto Brendon Matheus de Araújo Lima.

De acordo com a diretoria do Paulista, só no sábado eles receberam uma cópia do ofício encaminhado pelo Batatais à FPF com os documentos que comprovariam a falsificação de documentos. O clube de Jundiaí alega que tomou “todas as providências cabíveis para averiguação das informações nele contidas”. O atleta foi ouvido e “ratificou a veracidade de sua documentação, alegando inocência” e por isso foi escalado na semifinal contra o Batatais, domingo de manhã.

“Importante frisar que o referido atleta disputou o Campeonato Paulista sub-20 de 2016 por outra equipe, no caso o Nacional, tendo vindo da referida agremiação para o Paulista. Assim, caso as acusações sejam comprovadas, reiteramos que somos vítimas dessa situação e de nenhum modo partícipes desta suposta fraude”, aponta o clube de Jundiaí, que reforça que “agiu na mais estrita boa fé, não tendo nenhuma participação na suposta falsificação de documentos do atleta Brendon”.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas