Fugitivo da Justiça suspeito de homicídio é preso na PB com arma de policial de PE

5
0
COMPARTILHE

Por meio de uma ação conjunta da Delegacia de Repressão a Entorpecentes e Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, a Polícia Civil cumpriu nessa quarta-feira (6), um mandado de prisão preventiva por crime de homicídio expedido pelo 1º Tribunal do Júri de Campina contra um fugitivo da Justiça de 31 anos, que foi pego com arma roubada de policial militar de Pernambuco.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O crime aconteceu em janeiro deste ano e foi motivado por ciúmes. De acordo com testemunhas, a vítima, um motoboy investigado por tráfico de drogas, chegou ao bar que o suspeito estava e depois de alguns minutos teria dado uma ‘cantada’ na mulher dele. A partir daí, começou uma briga, quando o suspeito teria sacado a arma e atirado contra o motoboy. Em seguida, ele fugiu do local.

Quando a polícia chegou ao bar, as pessoas que viram o crime falaram as características do suspeito, que passou a ser procurado na cidade. Várias buscas foram realizadas, mas ele conseguiu sair da Paraíba. Uma ligação feita para o número 197 (Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social) esta semana deu uma pista do paradeiro do foragido.

De acordo com a denúncia anônima, o suspeito estava morando em Pernambuco, mas aproveitou o grande movimento de pessoas durante o São João de Campina Grande para visitar os familiares na cidade. O relato aponta que ele vinha à Paraíba todos os fins de semana. Quando a informação foi confirmada, a polícia montou uma campana próximo ao local apontado pelo denunciante.

O suspeito foi identificado durante o trabalho de investigação e preso no bairro Dinamérica, na Zona Oeste de Campina Grande. Na hora da abordagem ele tentou se desfazer de uma pistola calibre 380, jogando por cima do muro, mas a arma foi recuperada no quintal do vizinho. Na delegacia, ele confessou o crime e a polícia descobriu que a arma apreendida com ele foi roubada de um policial militar de Pernambuco.

Agora, além de cumprir a pena por homicídio, o detido também vai responder na Justiça por receptação e porte ilegal de arma. Ele foi ouvido em audiência de custódia e depois encaminhado para o Presídio Serrotão para cumprir pena.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas