Fumac? passa a ser usado para combater mosquito da dengue em Campina Grande

10
0
COMPARTILHE

O carro fumacê vai ser usado em Campina Grande para combater o mosquito dengue a partir desta terça-feira (29). O inseto é responsável por transmitir dengue, zyka e chikungunya. O trabalho de pulverização começa pelo bairro das Malvinas, na Zona Oeste, que apresentou índice de 10,5% no terceiro Levantamento Rápido de Infestação do Aedes aegypti (Liraa).

Leia mais Notícias no Portal Correio

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a ação será realizada em vários outros bairros, assim como os mutirões que estão acontecendo para conscientizar as pessoas para a necessidade de prevenção. “É necessário que as pessoas deixem as portas e janelas abertas para que o fumacê consiga atingir o máximo de imóveis”, explicou a Coordenadora de Vigilância Ambiental e Zoonoses do município, Rossandra Oliveira.

O último Liraa registrado foi de 7,6% na cidade. Os mais de 200 Agentes de Combates às Endemias, 25% a mais do que o Ministério da Saúde recomenda como mínimo para o município, estão fazendo o trabalho de borrifação, peixamento nas cisternas, tampando caixas e reservatórios, limpando vasilhames e aplicando lavircida, além do trabalho educativo. “Estamos com risco de transmissão alto e, por isso, a população precisa ajudar neste combate”, disse Rossandra.

Rossandra explicou que alguns bairros, como o Catolé, na Zona Sul, têm índices não tão altos de infestação do mosquito, mas apresentam muitos casos de doentes confirmados ou de casos notificados. “Também é importante que as pessoas com suspeita da doença procurem as unidades de atendimento em saúde para fazermos levantamentos mais precisos e elaborar as estratégias para as atuações de combate”, explicou.

A população pode colaborar para dificultar a proliferação do mosquito informando à Secretaria sobre os focos por meio do Disque-Dengue (3322-5076). Outra possibilidade de interação criada este ano foi por meio do WhatsApp. Os moradores da cidade podem enviar fotos e vídeos dos locais infestados pelo 9 9991-0553.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas