Galeria Archidy Picado reabre em JP com a mostra ?Narrativas Po?ticas?

10
0
COMPARTILHE

A galeria de arte Archidy Picado foi reaberta ao público nesta quarta-feira (17), com a exposição itinerante ‘Narrativas Poéticas’, da Coleção Santander. Com obras de Di Cavalcanti, Portinari, Volpi, Tomie Ohtake, Cícero Dias, entre outros expoentes do Modernismo, a mostra propõe um diálogo entre artes visuais e poesia, reunindo fragmentos de poemas de autores como Augusto dos Anjos, Vinícius de Moraes e Mário de Andrade. A exposição pode ser vista até 16 de agosto, durante todos os dias da semana, das 8h às 18h. A entrada é gratuita.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

“A partir da seleção das obras, nós escolhemos poemas que pudessem fazer o espectador pensar um pouco mais sobre a tela”, explica o poeta, ensaísta e filósofo Antonio Cícero, responsável pela curadoria da parte literária da exposição ao lado do também poeta Eucanaã Ferraz. Ao todo, são 34 obras de 26 artistas acompanhadas por 40 fragmentos de poemas, de 24 poetas brasileiros.

“Cada cidade recebe o que é possível receber, dependendo do local”, explicou Helena Severo, curadora geral da mostra, durante o coquetel de abertura da exposição, ocorrido na noite de terça-feira (16). Para João Pessoa, a curadoria procurou mostrar o que há de mais relevante e, assim, estabelecer o diálogo com o conjunto de poetas importantes na história da poesia brasileira, tendo o cuidado de selecionar poemas de dois paraibanos – Augusto dos Anjos e Archidy Picado Filho.

A galeria Archidy Picado, localizada no Espaço Cultural José Lins do Rego, na Capital, completou 30 anos de fundação este ano. Desde a inauguração, passou pela primeira grande reforma. A área expositiva foi ampliada em 30%, o que possibilita receber uma exposição do porte de ‘Narrativas Poéticas’.

Com percurso livre, a exposição tem como objetivo levar a arte brasileira a um público amplo e oferecer múltiplas possibilidades de leitura para as obras do próprio acervo, com o apoio narrativo de fragmentos de poemas selecionados. A Coleção Santander Brasil, formada pelas obras de arte dos bancos integrados ao grupo, reúne um significativo capital da cultura brasileira. A partir da análise deste conjunto, identificou-se um expressivo núcleo de arte moderna brasileira, além de diferentes manifestações culturais, incluindo arte popular e de cartografia dos séculos XVII ao XIX. Após anos de rigoroso trabalho de catalogação, conservação, restauro e pesquisa, esta é a primeira exposição itinerante com obras da coleção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas