Gerv?sio insiste em acordo e descarta disputar elei??o no PMDB

5
0
COMPARTILHE

O impasse sobre o comando do PMDB para o próximo biênio continua em João Pessoa. O atual presidente da Executiva Municipal, deputado federal Manoel Júnior, já anunciou que o partido fará a convenção para escolher o novo dirigente ainda em agosto, mas o deputado estadual Gervásio Filho, persiste cobrando o cumprimento do acordo, segundo ele, estabelecido em 2013, que lhe daria o comando da legenda pelos próximos dois anos.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Sem resolução na esfera municipal, a situação permanece também sem desfecho no âmbito estadual. O presidente do PMDB da Paraíba, senador José Maranhão, declarou recentemente que o acordo de revezamento na presidência de João Pessoa entre Manoel Júnior e Gervásio Maia realmente existiu, mas ao que tudo indica a Executiva Estadual não vai interferir no PMDB da Capital e o novo presidente deve ser escolhido como quer Manoel Júnior, em convenção e através do voto.

Gervásio Maia, insatisfeito com os dois comandos, deixou claro que caso o acordo não venha a ser cumprido, ele não participará da eleição. “Eu não abro mão do acordo ou o acordo vai ser cumprido ou não vai. As regras foram estabelecidas lá atrás, o acordo foi feito e eu não posso abrir mão disso. Acredito que a Executiva vai fazer valer o que foi pactuado lá atrás com ou sem a vontade de Manoel”, disse.

Apontado com um dos nomes que poderia disputar a Prefeitura de João Pessoa, Gervásio Filho descartou a possibilidade. “Meu projeto é outro. Eu fui eleito deputado, depois disso com a confiança dos meus colegas eu fui eleito presidente da Assembleia Legislativa, então meu projeto é esse, aliás, um sonho que será realizado. Eu não tenho interesse de ser candidato a prefeito de João Pessoa”, garantiu.

Ele também declarou que defende que o partido tenha candidatura própria na Capital. “Sempre defendi candidatura própria. Não conheço um integrante que tenha vínculos com seu partido que não queira uma candidatura própria, claro que defendo”, afirmou. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas