‘Global Game Jam’ come?a nesta sexta-feira em Jo?o Pessoa

11
0
COMPARTILHE

A segunda edição do Global Game Jam com sede no Unipê e terceira em João Pessoa, que começa nesta sexta-feira (29) se segue até o domingo (31) em uma jornada de 48h de desenvolvimento de jogos. O evento, que é gratuito e aberto para toda a sociedade, acontece no Bloco F da Instituição, onde funcionam os laboratórios de informática. O GGJ é o maior evento de desenvolvimento de jogos do mundo, sendo realizado simultaneamente em vários países. A proposta é utilizar novas ferramentas de tecnologia para projetar, desenvolver e criar jogos. A sede do Unipê foi a primeira do Nordeste e a terceira no Brasil em jogos desenvolvidos em 2015.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

O coordenador do evento no Unipê, prof. Felipe Soares de Oliveira, explicou que há três formas diferentes e complementares de inscrição, sendo um o preenchimento de formulário, a participação num grupo de Facebook e a inscrição no próprio site do GGJ. Os links podem ser acessados no Portal Unipê.

Interdisciplinaridade para desenvolver jogos

“É um evento interdisciplinar, não é somente para as pessoas da área da Tecnologia. O intuito é fomentar o desenvolvimento de jogos, que são naturalmente interdisciplinares. Os jogos podem ter apelos nas áreas da Saúde ou do Direito, por exemplo, e isso consequentemente pode atrair uma pessoa da área para desenvolver os jogos”, comentou. “O GGJ é bem aberto, ainda que tenha como maior público o mais técnico. Mas há pessoas do Design, que lidam muito com as artes, e músicos, que cuidam da parte do som dos jogos”, acrescentou.

Para o desenvolvimento dos jogos, os participantes seguirão uma temática que será disponibilizada duas horas antes de iniciar o evento. “As equipes vão começar a desenvolver games dentro dessa temática. De certa forma, cada cabeça é um mundo e daí sairá vários jogos diferentes. No entanto, todos deverão se alinhar a essa temática”, enfatizou Soares. O GGJ não se caracteriza como uma competição. Por outro lado, ele estimula a colaboração, a criatividade e o trabalho coletivo e corporativo, promovendo novas amizades e aumentando o networking e as oportunidades dentro da comunidade, inclusive com parcerias de negócio.

História do GGJ

Em janeiro de 2013, o evento foi realizado em 309 locais de 63 países. Na ocasião, foram criados mais de três mil jogos. Em 2014 houve um maior engajamento e foi realizado em 485 locais e em 73 países, com mais de 20 mil jammers (desenvolvedores) registrados. Em 2015, o GGJ foi realizado nos dias 29 a 30 de janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas