GNV fica caro demais em JP e Procon notifica postos para que justifiquem altas

0
COMPARTILHE

Nove postos que comercializam gás natural veicular (GNV) em João Pessoa estão sendo notificados pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) por venderem o produto com alta de 15%. O aumento médio estabelecido pela PBGás para revenda do GNV foi de 7,8%. Os outros três também aumentaram os preços além desse percentual e deverão prestar contas ao Procon da Capital. Veja aqui a pesquisa completa de preços.

Leia também: Procon diz que 25 postos da Capital baixaram o preço da gasolina; veja pesquisa

O levantamento de preços do último dia 15 do Procon- JP mostrou que a média do produto ficou em R$ 2,290, quando na pesquisa anterior, realizada no final de junho, era de R$ 1,995. Ainda na pesquisa atual, o GNV apresentou uma variação de 1,8%, com o menor preço ficando em R$ 2,259 e o maior R$ 2,300.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O secretário do Procon-JP, Helton Renê, afirma que os postos de combustíveis da Capital que comercializam o gás natural veicular serão notificados para que apresentem notas fiscais que justifiquem o índice de reajuste diferente do liberado pela PBGás. Ele afirma que os empresários terão que comprovar que o atual preço do produto está dentro do parâmetro legal de aumento, não apresentando nenhum índice abusivo.

O gás natural veicular apresentou a menor variação de preços, 1,8%, de todos os combustíveis pesquisados pelo Procon-JP no dia 15 de julho. Foi feito levantamento também dos valores para o litro da gasolina, óleo diesel e álcool em 113 estabelecimentos comerciais em funcionamento na Capital que oferecem esses produtos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas