Governo responder? a d?vidas do TCU sobre contas de 2014, diz Barbosa

11
COMPARTILHE

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse que o governo responderá a todas as dúvidas do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre os gastos do governo federal referentes a 2014. O TCU adiou nessa quarta-feira (17) por 30 dias a análise das contas do governo do ano passado em uma decisão inédita do tribunal, segundo avaliação dos próprios ministros.

Leia mais noticias de Política no Portal Correio

“As respostas foram apresentadas ao TCU. Ontem, o tribunal fez novos questionamentos e deu novo prazo para o governo, que vai apresentar as respostas”, disse Barbosa. O TCU é um órgão vinculado ao Congresso Nacional.

A decisão de pedir novos esclarecimentos ao governo foi tomada pelo tribunal a pedido do relator, ministro Augusto Nardes. De acordo com o relator, as contas não estão em condições de serem apreciadas. Segundo ele, o prazo é para que o governo federal esclareça indícios de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e da Lei Orçamentária Anual.

O atraso de repasses do governo a bancos públicos para pagamento de programas sociais é um dos pontos que o TCU quer mais esclarecimentos. A dúvida é se o Executivo estaria praticando manobras fiscais para maquiar sua contabilidade. Em algumas oportunidades, o ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, disse que esse fato representa, na verdade, “diferenças na interpretação jurídica” de algumas ações financeiras implementadas não só pelo governo da presidente Dilma Rousseff, mas também durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas