Greve dos Correios acaba em parte do país, mas continua na Paraíba

COMPARTILHE

Os trabalhadores dos Correios decidiram, nesta sexta-feira (5), que permanecem em greve por tempo indeterminado na Paraíba. A decisão foi tomada durante assembleia realizada na Central dos Correios no bairro de Água Fria, Zona Sul de João Pessoa.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Para dar fim ao movimento grevista, os Correios apresentaram proposta de reabrir o Plano de Demissão Incentivada (PDI); suspender restrição de férias nos meses de maio e junho, mas com reavaliação da medida em até 60 dias.

Além disso, os Correios também ofereceram compensação dos dias parados em virtude da greve, com horários diferenciados dependendo da carga horária de cada trabalhador, com exceção do dia 28 de abril, dia da greve geral, que será descontado.

Ao Portal Correio, o secretário de Finanças do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos da Paraíba (Sintect-PB), Emanuel de Souza, contou que os trabalhadores rejeitaram os termos ofertados e só devem se reunir para uma nova assembleia nesta segunda-feira (8).

Segundo os Correios, não há paralisação no Distrito Federal, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Sul, Ribeirão Preto e região, Uberaba e região, Bauru e região, Santos e região, e Juiz de Fora e região.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078. 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas