Grupo de Pesquisa de CG desenvolve órteses para crianças da Apae

31
0
COMPARTILHE

Estudantes do Grupo de Pesquisa CiênciaLab de Fisioterapia da Faculdade Uninassau, de Campina Grande, realizam nessa quinta (19) visita e atendimento na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município. Esta é mais uma ação do grupo de estudantes que vai trabalhar a moldagem das órteses infantis para doação.

Leia mais Notícias no Portal Correio

O objetivo do projeto é de proporcionar aos estudantes de Fisioterapia um aprendizado técnico-científico relacionado aos assuntos vistos em sala de aula, a partir da análise casos, confecção de moldes e experimentação das peças anatômicas em pacientes que necessitam do artifício. Os estudantes atuam em todas nas fases desse processo; triagem, moldagem, teste e doação das peças à Instituição.

De acordo com o professor de Anatomia, Roniery de Oliveira Costa, essa ação é de grande importância para as duas instituições envolvidas. “Esse projeto estimula a criatividade dos alunos, desenvolve valores sociais, além de mostrar um pouco das atividades desenvolvidas pelo curso. As peças que os pacientes recebem são de ótima qualidade, exatamente idênticas as do mercado na área de órteses. Sendo assim, exercemos a prática do fisioterapeuta realizando um trabalho bem feito em prol de uma boa causa”, destacou.

Após a moldagem para cada paciente que já passou pela triagem anteriormente, os estudantes ainda irão confeccionar as peças e seguir uma programação do grupo para doação. Este ano, pelo menos doze crianças da Apae de Campina Grande receberão as peças e o acompanhamento.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas