Grupo ? preso suspeito de arrombar lojas e explodir caixa de hipermercado na PB

9
0
COMPARTILHE

Oito pessoas foram detidas na manhã desta segunda-feira (31) suspeitas de arrombar estabelecimentos comerciais e assaltar comerciantes na cidade de Campina Grande. O grupo foi desarticulado em ação da Força Tática da Polícia Militar. Entre os suspeitos estão dois adolescentes. A polícia suspeita que o grupo também tenha atuado na explosão de um caixa eletrônico instalado em um hipermercado no bairro do Catolé, ocorrido no dia 17 de agosto.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Segundo a Polícia Militar, o último crime comandado pela quadrilha ocorreu na madrugada desta segunda. O alvo do bando foi uma loja de roupas localizada no Centro da cidade. Mais de 130 calças jeans e 30 blusas foram recuperadas. As peças roubadas haviam sido levadas para uma casa no bairro Santo Antônio.

Com o grupo também foram encontradas duas armas de fogo e um carro roubado. De acordo com a polícia, a quadrilha planejava assaltar comerciantes que iriam para Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. No veículo, foram encontrados capuzes e máscaras.

Um dos homens suspeitos de integrar o bando é também apontado como responsável por três assassinatos ocorridos em Campina Grande. Ele era procurado pela polícia desde 2011. Na época, a polícia tentou prender o suspeito no momento em que ele se casava em uma igreja da cidade, mas ele conseguiu fugir.

Todos os suspeitos foram levados para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas