Guarda Municipal de João Pessoa é preso suspeito de atirar em via pública

47
0
COMPARTILHE

Um guarda municipal de João Pessoa, de 34 anos, foi preso em flagrante suspeito de atirar em via pública e de suposta agressão à esposa durante a madrugada desta terça-feira (13), no bairro Mangabeira VII (7), na Capital. Na hora da prisão, o suspeito não estava em serviço.Veja vídeo abaixo

Leia mais Notícias do Portal Correio

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações da PM (Ciop), por volta de 2h20, moradores ligaram para o 190 informando sobre tiros. Uma guarnição do 5º Batalhão foi ao local e encontrou o guarda na rua.

O suspeito, que estava com sintomas de embriaguez, recebeu voz de prisão, mas ele resistiu e os policiais conseguiram imobilizá-lo. Vizinhos comentaram que a mulher teria sido agredida e mantida trancada dentro de casa.

Segundo o delegado Leonardo Formiga, com o guarda, os policiais militares apreenderam uma pistola 380, munições, porção de maconha e uma arma de choque elétrico, conforme informou a assessoria de imprensa da Polícia Militar da Paraíba.

“Quando os policiais militares chegam ao local, o guarda não os deixou entrar na casa e ainda colocou a filha na frente. Nesse momento, os policiais tiveram que usar a força e prendê-lo”, explicou o delegado.

O suspeito foi levado para a Delegacia da Mulher, mas foi transferido para a Central de Flagrantes da Polícia Civil porque a esposa não quis prestar queixa pela suposta violência doméstica. O delegado Formiga indiciou o guarda pelos crimes de desacato, resistência, posse de droga e porte ilegal de arma de fogo. Ele será levado para audiência de custódia nesta terça.

Ao Portal Correio, o coronel Marcos Marcone, comandante da Guarda Municipal de João Pessoa, disse que uma sindicância será aberta e o guarda responderá a um procedimento administrativo, que vai investigar a conduta dele. O coronel falou que o homem é concursado e está há três anos prestando serviço na guarda.

Veja reportagem exibida na TV Correio:


 

Leia
mais notícias em portalcorreio.com.br,
siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas