‘Hip Hop Integração’ anima a Estação Cabo Branco neste domingo

10
0
COMPARTILHE

O evento ‘Hip Hop Integração’ acontece neste domingo (26), a partir das 10h, se estendendo até as 19h, na Estação das Artes, prédio ao lado da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano, na Zona Leste de João Pessoa. A entrada é aberta ao público de todas as idades. As inscrições são gratuitas.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

O evento, que tem como tema “Os quatro elementos em prol da educação”, vai contar com oficinas de dança de rua, de graffiti e poesia, além de um pocket show com Camila Zo, Casa Cheia, a partir das 13h. Haverá ainda um bate papo com os participantes sobre a violência.

A organizadora do evento, Priscila Melbey, comentou que encontro pretende reunir artistas, ativistas e interessados pela cultura hip hop visando o incentivo à educação. “A integração é para tornar algo inteiro e fazer a integração. Ocorre também no sentido de fazer uma reunião para as pessoas se entrosarem”, disse Priscila.

Oficinas

A oficina de danças urbanas (passos básicos) será ministrada por Rodrigo Almeida, ‘Bboy invictus’ representando a ‘Crew True Kingz’, que atua desde 2008 na cultura hip hop (break). Ele é estudante de dança na Universidade Federal da Paraíba e já visitou mais de sete estados do Brasil para competições, sendo bicampeão do festival Edacra Nordeste.

A oficina de ritmo e poesia (Rap) será conduzida por Seam Palla, cantor de Rap paraibano que deu início a sua carreira no ano de 2015, com o single “Nova Era”. As batalhas de MCs na cidade de João Pessoa foram ponto forte para seu começo, onde adquiriu um grande número de vitórias. Nova Era será também o nome de seu primeiro CD, que tem previsão de lançamento para o final deste ano.

Haverá ainda oficina de desenho básico (Graffiti) com Marcos Cristiano da Silva (Per Fect). Marcos é autodidata, arte educador, artista multimídia e atua no mercado desde 1997. Atualmente cursando o curso de Licenciatura em Artes Visuais na UFPB, ocupante do CA (Centro Acadêmico), desenvolve projetos de arte – educação nas redes de ensino, ong’s e centros comunitários, trabalha no mercado de divulgação visual, arte de rua (graffiti), cenografia, decoração, propaganda, dentre outros.

No local terá também Sarau poético, discotecagem com DJ Black e no final as Batalhas de Mc´s e de Breaking. Um dos artistas e componentes da mesa de jurados na batalha de break será Felipe Fidel, 20 anos, mais conhecido como Fidel nas danças urbanas. Natural de João Pessoa, há nove anos segue ativo na cultura com extensões como ‘Gang Gangrena’ e ‘Firma Monstro Crew’, ambos coletivos da cultura hip hop na Paraíba, já tendo representado o estado em competições e mostras culturais em diversos lugares do país.

Outro componente é Rodrigo Almeida, ‘Bboy invictus’ representando a ‘true kingz’, atuando desde 2008 na cultura hip hop (break), estudante de dança na UFPB, já visitou mais de sete estados do Brasil para competições de break. Bicampeão do festival Edacra Nordeste.

Vant Vaz também é outro componente dos jurados. Ele é bailarino, coreógrafo, diretor, professor de dança, músico, artista plástico e gráfico. Acompanhou e promoveu o movimento de dança de rua em João Pessoa atuando no grupo ‘Elétrico’ durante a década de 1980 e no Coletivo ‘Tribo Éthnos’, dos quais foi co-criador. Multiartista, trabalha com artes integradas com ênfase especial nas áreas de música e dança. Professor de danças urbanas no Centro Estadual de Arte (CEARTE).

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas