Hospital da Grande JP paralisa atendimento e funcion?rios queimam pneus por falta de sal?rios

COMPARTILHE

Funcionários do Hospital e Maternidade Flávio Ribeiro Coutinho que fica no município de Santa Rita, na Grande João Pessoa, estão realizando um protesto, com apitaço, interdição de rua e queima de pneus, na noite desta segunda-feira (17), pedindo que a Prefeitura Municipal de Santa Rita efetue o pagamento do repasse dado ao hospital para o pagamento do salário dos funcionários. Apenas casos de urgência estão sendo atendidos.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Em contato com o hospital, o Portal Correio foi informado por um dos funcionários que o repasse deste mês está atrasado desde o quinto dia útil.

“A paralisação é simbólica e reivindicamos que a prefeitura repasse os recursos para o pagamento dos nossos salários. A prefeitura tem até o quinto dia útil de cada mês para fazer isso, mas o prazo esgotou e estamos sem o pagamento”, disse um dos funcionários.

Ainda segundo o funcionário da unidade, apenas atendimentos de urgência, tanto na maternidade quanto no hospital, estão sendo realizados pelos médicos e funcionários, causando prejuízos a população.

“Mantivemos o atendimento para as urgências, mas estamos reivindicando nosso direito. A prefeitura, até agora, não deu explicação para a não realização do repasse”, concluiu o funcionário.

O Portal Correio tentou contato com a Prefeitura Municipal de Santa Rita para conseguir um posicionamento sobre o atraso no repasse, mas não teve as ligações atendidas até o fechamento desta matéria.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas