Hot?is paraibanos tiveram ocupa??o m?dia de 67,27% em junho

0
COMPARTILHE

O Setor de Estatística da Diretoria de Fomento da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) divulgou nesta sexta-feira (17) a pesquisa mensal do Fluxo Global de turistas referente ao mês de junho. Mais de 137.836 pessoas visitaram o Destino Paraíba. O destaque é para média de ocupação dos mais de 14 mil leitos dos meios de hospedagem da rede hoteleira da grande João Pessoa – 67,27%, o que representou um aumento de 16,92 pontos percentuais em comparação com junho de 2014.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A pesquisa informa que no acumulado do ano são 865.734 visitantes, revelando que apenas na capital paraibana foram 601.146 pessoas. A presidente da PBTur, Ruth Avelino, avaliou os resultados como bastante positivos. A executiva paraibana informou que destinos turísticos maiores e já consolidados na região Nordeste estão enfrentando uma retração na reserva de leitos. “Há uma forte crise econômica em todo o país e as pessoas estão cortando gastos, reduzindo despesas, mas nossos hotéis e pousadas receberam um excelente número de hóspedes e isso vem mantendo a rede hoteleira com uma ocupação satisfatória”, declarou.

Ruth Avelino lembrou que junho é o mês dos festejos juninos, que atrai muitos turistas para o Nordeste. Ela destacou como decisivas as ações promocionais realizadas pelo Governo do Estado em parceria com o trade e, pontualmente, com a Prefeitura de Campina Grande, para divulgar o Maior São João do Mundo. Segundo ela, foram promovidas divulgações no Rio de Janeiro e São Paulo em agências de viagens e até em estações de metrô.

A pesquisa da PBTur confirma que os turistas paulistas (21,14%) continuam sendo a maioria dos visitantes do Destino Paraíba. Os vizinhos pernambucanos mantêm-se em segundo (14,73%). Outros destaques são os números de turistas do Rio Grande do Norte (9,12%), Rio de Janeiro (9,10%) e Minas Gerais (8,21%). Os principais países emissores internacionais foram Itália (25,81%), Alemanha (12,82%), Estados Unidos (12,13%), Argentina (8,18%) e Portugal (7,18%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas