Hugo Motta defende PMDB no governo, mas critica ‘afagos’ de Dilma a presidente do Senado

5
0
COMPARTILHE

Presidente da CPI da Petrobras, o deputado federal Hugo Motta (PMDB-PB), defendeu, nesta quarta-feira (12) que o seu partido permaneça na base governista e continue dando sustentação política de Dilma Rousseff no Congresso Nacional. No entanto, ele criticou os afagos que a presidente tem feito em público ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL), o que demonstraria uma tentativa de isolar o deputado e presidente da Câmara Federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “O PMDB é o fiel da balança. A presidente não pode errar mais uma vez”, frisou.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Para Hugo Motta, esses gestos de reaproximação do Palácio do Planalto com o presidente do Senado tentam apenas criar um atrito entre as lideranças peemedebistas. Em João Pessoa, onde concedeu entrevista às emissoras de rádio e visitou a Assembleia Legislativa pela manhã, o deputado federal ainda aconselhou a presidente a tentar reconquistar o apoio de partidos como o PDT e o PTB, que anunciaram “independência” nas votações da Câmara e do Senado.  

O presidente da CPI da Petrobras também se defendeu de supostas irregularidades em locação de carros com a verba de gabinete. Hugo Motta argumentou que a locação não significa que tenha praticado qualquer ato ilícito. para o seu gabinete de maneira lícita. “Um deputado tem verba parlamentar que possibilita locar veículos. O Ministério Público de Pernambuco já oficiou ao Ministério Público Federal e já existe a informação de o procurador tem um posicionamento para o arquivamento, assim como foi arquivado pela auditoria da Câmara e do Tribunal de Contas da União”, afirmou.

A auditoria interna da Câmara, segundo o deputado, deve também arquivar a denúncia.

Para Motta, as denúncias são consequência da visibilidade que ele tem tido enquanto presidente da CPI da Petrobras. “Quando um político começa a aparecer mais, começa a ser alvo de conjunturas políticas que não estão concordando com a situação e não apuram como  estamos apurando. Vou continuar cumprindo meu papel, a postura que tem orgulhado o país e os paraibanos”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas