Idosos ficam fora de propostas apresentadas por candidatos a prefeito de JP

12
0
COMPARTILHE

Os candidatos a prefeito de João Pessoa parecem pouco preocupados com cerca de 75 mil eleitores com forte poder de influência dentro das famílias. Essa parcela da população representa 13,82% do eleitorado. Até agora, as propostas apresentadas pelos prefeitáveis para os idosos não foram repercutidas nos guias de rádio e da TV. Nos planos de governo apresentados a Justiça Eleitoral, apenas o do petista Professor Charliton aborda o tema com mais profundidade. Os de Cida Ramos (PSB), Luciano Cartaxo (PSD) e Victor Hugo (Psol) tratam o tema de forma superficial.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Para o professor e cientista político, Lúcio Flávio, os candidatos erram estrategicamente quando deixam de apresentar propostas para os idosos que, segundo ele, têm forte atuação financeira e influência forte nas famílias. “Os idosos são formadores de opinião e deveriam receber mais atenção dos candidatos a prefeito. Essa é uma parcela importante da sociedade e muitos, com mais de 70 anos, ainda têm uma vida ativa e votam”, destacou.

De acordo com o professor, existe um descaso dos candidatos que precisariam incluir de imediato as propostas para os idosos que representam uma boa parcela da população e que vem crescendo a cada ano. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos últimos dez anos, a população de idosos cresceu cerca de 30% e a tendência para as próximas pesquisas, segundo o órgão, é de que o crescimento continue. Isso torna João Pessoa a terceira Capital do Nordeste com o maior índice de população idosa.

O professor Lúcio Flávio disse que o poder público precisa incorporar este contingente populacional que é cada vez maior, oferecendo-lhe serviços que permitam uma melhora da qualidade, fortalecendo seu protagonismo social, cultural e político, incorporando seus saberes e contribuindo para promover um envelhecimento em que o idoso tenha atividades a desenvolver e cuide de sua saúde por meio de atividades socioculturais integrativas, fisioterapia e alimentação saudável.

Leia matéria completa na edição deste domingo (11) do jornal Correio da Paraíba. 

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas