IFPB e Asdef selecionam para contrata??o imediata em cargos na educa??o especial

25
COMPARTILHE

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) e a Associação de Deficientes e Familiares (Asdef), em João Pessoa, estão realizando um processo de seleção, para contratação imediata e cadastro de reserva, com pessoas que possuem deficiência para preenchimento de vagas nos cargos de ledor/transcritor, alfabetizador de jovens e adultos, psicopedagogo, cuidador, transcritor de braile e intérprete de libras. Pessoas sem deficiência também podem se inscrever.

Leia mais Notícias no Portal Correio

As vagas são para os municípios de João Pessoa, Santa Rita, Campina Grande, Monteiro, Patos, Princesa Isabel, Cabedelo, Picuí, Cajazeira e Guarabira. A seleção começou nesta segunda-feira (8) e segue até a próxima quinta-feira (11).

Para o cargo de ledor, é necessário que os candidatos tenham curso superior completo em qualquer área com experiência mínima de seis meses na área de educação inclusiva. Para transcritor de braile, os candidatos devem ter ensino médio completo e experiência de seis meses na função.

Já para o cargo de alfabetizador de jovens e adultos, é pedida a formação na área de pedagogia e experiência mínima de seis meses na área de educação continuada ou inclusiva. Para psicopedagogo, os candidatos devem ter qualificação comprovada na área de psicopedagogia e experiência mínima de seis meses na área de educação inclusiva.

Para o cargo de cuidador os candidatos devem ter ensino médio completo e experiência mínima de seis meses na função ou curso de formação de 20h. Para intérprete de libras é necessário ensino médio completo e experiência mínima de seis meses na função.

Seleção para embalador

Já o cargo de embalador é exclusivo para pessoas deficientes. A seleção ocorre na quarta-feira, às 14h, na sede da Asdef, que fica na Rua Manoel Paulino Júnior, no bairro de Tambauzinho, Zona Norte da Capital.

Os currículos devem ser enviados para o e-mail balcaodeempregos@asdef.org.br.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas