Indaga??o ao Conselho de ?tica

10
0
COMPARTILHE

O deputado federal Manoel Junior (PMDB) perguntou aos membros do
Conselho de Ética da Câmara dos Deputados se alguém recebeu telefonema
dele, na semana passada, pedindo para esvaziar a sessão na qual seria
apresentado o voto do relator Fausto Pinato, a respeito da
admissibilidade de um processo de quebra de decoro parlamentar do
presidente da Casa, Eduardo Cunha, como foi noticiado pela imprensa.
Manoel Junior disse ter ficado indignado com a acusação.

Desafiou os colegas a revelarem se haviam sido contatados e todos
confirmaram o que o parlamentar vinha repetindo: não houve ligações para
interferir no quórum da reunião. Manoel Junior afirmou que a notícia
foi injuriosa e invasiva, pois o repórter de o Globo teria agido como um
paparazzo e feito deduções atribuindo a ele uma manobra política que
não praticou.

O questionamento aos deputados do Conselho de Ética foi feito
publicamente na tarde de ontem durante a reunião em que foi apresentado o
voto do relator sobre Cunha. O deputado Chico Alencar, do PSOL, se
desculpou com o colega paraibano e logo em seguida se retratou no seu
perfil do Facebook, onde havia publicado a notícia de O Globo. “O Dep.
Manoel Jr. (PMDB/PB) acaba de esclarecer ao Conselho de Ética que não
deu nenhum telefonema ou fez qualquer outro movimento para evitar o
quórum na sessão do Conselho da semana passada, que trataria de
Representação contra Cunha – como reportado em O Globo e aqui
compartilhado”, disse o parlamentar na rede social.

Verdade restabelecida

Manoel Junior afirmou que o depoimento de Chico Alencar, integrante do
partido autor da denúncia contra Cunha, o Psol, é importante para
restabelecer a verdade, mas lamenta que uma notícia inverídica tenha se
propagado com tanta facilidade sem ter sido checada antes da publicação.

Nos anais da AL

O deputado Tovar Correia Lima registrou nos anais da Assembleia o artigo
“Promessas…nada mais”, de autoria da titular da Coluna, Sony Lacerda,
publicado no dia 16 de setembro.

São Sebastião

O deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB cobrou do governador, Ricardo
Coutinho (PSB) a instalação de um restaurante popular no Bairro de São
Sebastião, na cidade de Patos.

PT está vivo

O deputado Frei Anastácio defende candidatura do PT nas próximas
eleições em João Pessoa. “O nosso partido está vivo, a militância está
animada e aqui em nosso estado não há corruptos no PT”, disse.

À disposição

“Temos nomes a exemplo do deputado federal Luiz Couto e do ex-deputado
Rodrigo Soares”, afirmou Frei Anastácio, acrescentando que o seu nome
também está a disposição do partido.

Enfrentamento à violência

O deputado Anísio Maia (PT) sugeriu que os municípios passem a ter um
papel mais proativo em questões relacionadas ao enfrentamento à
violência. “As prefeituras podem atuar por meio de políticas públicas no
combate às drogas nas escolas que é hoje raiz de muitas situações de
violência”, disse.

Av. Liberdade

A Câmara de Bayeux aprovou requerimento da vereadora Célia Domiciano do
DER pedindo a construção de mais acessos para cadeirantes em toda a
extensão da Avenida Liberdade.

Cadeirantes

“O requerimento visa atender reivindicação dos cadeirantes de nossa
cidade que nos foi encaminhada através do Sr. Ednaldo, conhecido como
Naldinho”, declarou Célia Domiciano.

Acessos

Segundo ela, os cadeirantes clamam pela construção de acessos em cada
quarteirão porque enfrentam problemas de locomoção, sobretudo para ter
acesso às calçadas ao atravessar a Liberdade.

Paradas de ônibus

Célia destacou que os poucos acessos existentes foram feitos apenas nas
paradas de ônibus e lembrou que cadeirantes precisam sair de suas
residências e ter os acessos facilitados.

Adelson Barbosa dos Santos – Interino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas