Inje??o na oposi?

5
0
COMPARTILHE

De repente, não mais do que de repente, as mornas discussões na Câmara de João Pessoa começaram a esquentar. Das águas mansas para a maré alta. Sinal de que o prefeito Luciano Cartaxo deve ligar as antenas e manter seu estaff de articulação em permanente alerta.

Nem bem chegou o ano da eleição e vereadores da base se ouriçam para uma debandada. O caso mais recente é o do qualificado vereador Bruno Farias, insatisfeito com o tratamento dispensado por Cartaxo e autor de pesado discurso contra o PT e os deslizes do governo da presidente Dilma.

Também no PPS, o vereador Djanilson da Fonseca faz tempo que não bebe da mesma água fria da Prefeitura. A cada solenidade do Governo do Estado, Faca Cega, como é mais conhecido, está sempre no pelotão de frente, dando todas as dicas de com quem ficará quando o rompimento da aliança PT/PSB chegar.

Dono de discurso crítico e renitente contra a gestão municipal, o atilado vereador Renato Martins, do PSB e de trânsito fácil no jardim girassol, reforça a munição, sem medo de ser feliz e sem receio de nenhuma repreensão do comando socialista, ainda, em tese, aliado do governo petista em João Pessoa.

O movimento gradativo e cada vez mais perceptivo, logicamente interpretado no plenário e na opinião pública como indício de estremecimento da obesa base do prefeito Luciano Cartaxo é captado pela oposição na Casa, que tenta tirar o máximo de proveito do quadro para se fortalecer no Legislativo.

É mais ou menos assim; ainda que, extraoficialmente, não haja confirmações concretas de afastamento definitivo, os três mosqueteiros oposicionistas, Renato Martins, Lucas de Brito e Raoni Mendes, já não se sentem mais tão sozinhos…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas