Inscrições para curso de teatro da Estação Cabo Branco continuam abertas, em JP

12
0
COMPARTILHE

Permanecem abertas as inscrições para o curso “Iniciação ao método do ator” da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, no Altiplano em parceria com o Núcleo de Teatro Universitário (Teatro Lima Penante). As inscrições são gratuitas. Para se inscrever é necessário comparecer a recepção do prédio administrativo da Estação Cabo Branco ou na secretaria do Teatro Lima Penante, na Avenida João Machado, no centro e preencher a ficha inscrição, com seus dados pessoais.

Leia mais notícias de Entretenimento no Portal Correio

O diretor e professor de teatro, Flávio Melo, disse que existem quatro vagas especialmente para pessoas com idade entre 50 a 58 anos de idade. O curso tem duração de seis meses, com início das aulas no dia 14 de janeiro de 2017. A faixa etária de participação é a partir dos 18 anos de idade. As aulas serão ministradas nos sábados, na Estação Cabo Branco, no horário das 11h às 15h; segundas e quartas no Teatro Lima Penante, localizado no centro da Capital, de 19h às 21h.

A ação é uma parceria entre o Núcleo de Teatro da Estação Cabo Branco e o Núcleo de Teatro Universitário da Universidade Federal da Paraíba (UFPB/NTU). O curso será ministrado pelo ator e diretor de teatro, Flávio Melo, que interpretou recentemente João Dantas, no espetáculo de “João para João” de autoria do diretor Tarcísio Pereira.
O curso consiste na aplicação de um método próprio criado ao longo da minha própria experiência de mais de 30 anos de teatro, portanto o seu formato tem se alterado de acordo com as contribuições e necessidades dos alunos e o amadurecimento prático de turmas anteriores.

“Em resumo, essa nova turma terá como base, principais tópicos de Stanislavsky (criador do teatro de arte de Moscou, que deu origem a um novo olhar na arte da interpretação do século XX)”, comentou Flávio melo.

Os alunos são estimulados, no início, com debates e jogos práticos (para descondicionamento do corpo, mente e voz) para em seguida ingressarem no trabalho da encenação da peça “Pequenos Burgueses” de Máximo Gorki. “Esse espetáculo é ideal ao curso que privilegia o ator, uma vez que esta obra fornece material extremamente rico e estimulante para a criação de personagens e a vivência das complexas relações que se estabelecem entre eles e o mundo de hoje”, acrescentou Melo.

Sobre Flávio Melo – Formado em Educação Artística pela Faculdade Marcelo Tupynambá (SP), dirigiu os espetáculos “Valsa n° 6” (1991), “Ratos de Esgotos” (1992), “Prêt-à-Porter” (1998), “No Amanhecer da Noite” (2003), e em “As Meninas” (2009). Atuou em “Cinco Bulas sem Contraindicação” (1993), “Pequenos Burgueses” (1996), “Gol Anulado” (1997), “Prêt-à-Porter” (1998), “Fragmentos Troianos” (1999), “Achados e Perdidos” (2000), “No Amanhecer da Noite” (2003), “A Fantástica Peregrinação do Coronel atrás de um Rabo de Saia” (2008), “Paixão do Menino Deus” (2009), “Os Sete Mares de Antônio” (2010) e “Divino Calvário” (2011). Recentemente interpretou João Dantas, na montagem de “João para João” de autoria do diretor de teatro Tarcísio Pereira.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas