Integração Nacional reavalia prazo de chegada definitiva das águas da transposição na PB

36
0
COMPARTILHE

O secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, Antônio de Pádua, afirmou ao Portal Correio, na tarde deste sábado (4), que o ministério está reavaliando a chegada definitiva das águas da transposição na Paraíba por conta do vazamento registrado nessa sexta-feira (3) na barragem de Barreiros, que fica no município de Sertânia, no Sertão pernambucano. O reservatório é um dos últimos a receber a transposição antes das águas seguirem para a Paraíba.

Leia também:


* TV Correio inicia série que mostra esperança dos paraibanos com a transposição, nesta 2ª;


* Vazamento em barragem da transposição é contido após trabalhos na madrugada;


* Transposição em PE vira ‘balneário’, com banho e lixo; fiscalização é intensificada

Via assessoria de comunicação do ministério, o secretário afirmou que a preocupação atual é com a segurança da barragem e das famílias que vivem nas proximidades do local, mesmo que o vazamento já tenha sido contido.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Fizemos uma selagem com dique e conseguimos conter todo o vazamento. Agora, nossa preocupação é especificamente com a segurança. Estamos avaliando (prazo da chegada das águas na Paraíba) e estudando. Em um prazo de dois dias iremos fazer um novo cronograma”, afirmou o secretário.

Ainda segundo o secretário, testes laboratoriais estão sendo realizados para saber qual o motivo para o vazamento. Além disso, a barragem deve começar a receber água novamente em dois dias.

“Ainda estamos fazendo diagnósticos, testes laboratoriais para identificar o motivo. Iremos ver se houve erro de projeto, problema de execução e sei que nós temos que assumir que houve um problema. Em um prazo de até dois dias começaremos a botar água devagar para acompanhar a barragem e caso tenha mais problemas daremos solução definitiva”, concluiu o secretário.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas