Internautas criticam corte de ?rvores na Lagoa; PMJP prev? 100 mil novas mudas at? 2016

4
0
COMPARTILHE

A retirada de 14 árvores do Parque Solon de Lucena, na Lagoa, em João Pessoa, está gerando reação negativa nas redes sociais. As obras no local ocorrem para readequação da circulação de transportes coletivos e ampliação de espaços para o público. A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) disse que está fazendo o replantio em outros pontos da Capital e prevê que até 2016 sejam plantadas 100 mil árvores na cidade.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A internauta Sandra Vasconcelos postou no Facebook: “O prefeito Cartaxo (PT-PB) mandou matar árvores saudáveis (algumas centenárias) na Lagoa! A quem pedir Socorro a esta hora? Atualização: Como cidadao denuncie em 83 3218-5124 (Iphaep pq o Parque Solon é tombado como patrimônio)”.

Karine Oliveira também usou a mesma rede social para reclamar sobre o caso. “Soube agora que a prefeitura de João Pessoa está derrubando mais árvores na Lagoa nesse momento. Sem discussão com a sociedade, sem audiência pública, sem transparência…”

Um escritório de arquitetura e urbanismo de João Pessoa divulgou no Facebook uma nota de repúdio à situação. “Somos contra a forma como a prefeitura vem conduzindo o processo de implantação do projeto, totalmente distante do conceito de participação popular, já denunciados por inúmeras instituições”.

Internautas contestam corte de árvores

Foto: Internautas contestam corte de árvores
Créditos: Reprodução/Facebook

A secretária do Meio Ambiente do Município, Daniela Bandeira, disse ao Correio Debate (Rede Correio Sat) desta quarta-feira (26), que é necessário retirar 14 árvores da Lagoa, onde há 734. “Algumas [destas 14] estão doentes, mas não todas”, disse ela.

A medida em execução apontada pela secretária é o plantio de árvores na proporção ’10 para 1’. “Para cada árvore suprimida, serão plantadas dez em outros pontos de João Pessoa”, explicou.

A Secretaria do Meio Ambiente informou ainda que, até esta sexta (28), estão sendo plantadas árvores na avenida Hilton Souto Maior, na área do Rio Cabelo, perto da antiga Estrada da Penha, e ainda no canteiro central do Distrito Industrial de Mangabeira. 

Segundo a Secretaria, serão plantadas 300 mudas de árvores nativas só nesta semana, com alturas entre um metro e meio a dois metros. As árvores deverão, em três anos, atingir de cinco a sete metros, proporcionando sombreamento e contribuindo para diminuir a temperatura das áreas, como já foi adiantado pelo engenheiro agrônomo Anderson Fontes, diretor da Divisão de Arborização e Reflorestamento (Divar) da Semam.

Até o fim de 2105, a previsão da PMJP é que 20 mil novas árvores sejam plantadas na Capital e 100 mil até o fim de 2016. “Desde o início do Programa de Arborização, iniciado em 2013, já foram plantadas na cidade mais de 58 mil mudas”, disse a secretária do Meio Ambiente, Daniela Bandeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas