Interno do CEA de João Pessoa é estuprado por cinco jovens, diz polícia

19
0
COMPARTILHE

Um adolescente teria sido estuprado por outros cinco menores de idade dentro de uma das celas do Centro Educacional do Adolescente (CEA) em João Pessoa. O estupro coletivo foi confirmado pela Polícia Militar, que foi chamado ao local para levar a vítima e os suspeitos até a delegacia.


Leia também: Sete são suspeitos de estupro coletivo contra interno do Lar do Garoto, na PB

De acordo com a PM, os policiais foram solicitados pela direção do CEA para dar segurança à vítima do possível estupro.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Fomos chamados para encaminhar a vítima e os menores suspeitos para a Delegacia do Menor. Soubemos que um dos adolescentes relatou que havia sido estuprado por outros cinco, mas não fomos informados de detalhes do caso”, confirmou a PM.

O Portal Correio entrou em contato com a Delegacia do Menor Infrator e com a direção do CEA, mas os policiais da delegacia não comentaram o caso.

De acordo com Antônio Rodrigues, coordenador de segurança da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (FUNDAC), a unidade está tomando todas as providências para elucidar o caso.

Ele revelou que houve uma confusão entre os adolescentes e a Polícia Militar foi acionada. O coordenador disse também que o caso já está sendo investigado e na próxima semana deverá divulgar o resultado da ocorrência.


Caso também em CG

Esse é o segundo caso em menos de um mês em que um jovem infrator que estava interno foi estuprado dentro de uma cela de uma unidade de segurança.

No dia 13 deste mês, sete jovens infratores estupraram um jovem interno entro do Lar do Garoto em Lagoa Seca, município do Agreste paraibano, a 142 km de João Pessoa.

De acordo com a diretora da unidade, Paula de Oliveira, a vítima tem 20 anos e os sete suspeitos também são maiores de idade. Vítima e suspeitos dormiam no mesmo quarto, com mais outras cinco pessoas, que, a princípio, não possuem participação no caso. O crime teria acontecido no horário de dormir e os sete suspeitos teriam se revezado durante o estupro.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas