Jacar? ganhar? parque com p?r do sol ao som do Ravel, feiras e passeios ecol?gicos

24
0
COMPARTILHE

A área que está sendo desocupada da Praia do Jacaré, em Cabedelo na Grande João Pessoa, e que vem sendo alvo de polêmica por conta do fim do pôr do sol ao som do Bolero de Ravel tocado pelo músico Jurandy do Sax, será transformado num parque aberto ao público, com direito ao tradicional espetáculo, sim, além de passeios ecológicos guiados, feiras e outros eventos.

Leia também: Apesar de prefeitura garantir que ‘Bolero’ continua, Jurandy desabafa nas redes sociais

Todo o projeto elaborado para a construção do Parque do Jacaré será divulgado a partir das 14h desta sexta-feira (3) no auditório da PBTur, na Orla de Tambaú, em João Pessoa, com a participação dos órgãos envolvidos na sua construção.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A informação foi repassada ao Portal Correio pela diretora de Comunicação Institucional da Prefeitura de Cabedelo, Reny Barroso, na tarde desta quinta-feira (2). De acordo com ela, participam da apresentação do projeto, além da Prefeitura do município, a PBTur, a Cagepa, Capitania dos Portos e DER.

“Iremos informar tudo sobre o projeto que foi elaborado pelo município de Cabedelo e que terá a parceria e o apoio técnico e infraestrutural dos demais órgãos envolvidos”, disse.

Na opinião de Reny, trata-se de um projeto ambicioso, que permitirá o funcionamento do parque durante todo o dia. “Ele não será somente voltado ao espetáculo do pôr do sol, mas será um espaço de interação e socialização das pessoas, que funcionará durante todo o dia”, reforçou.

Fechados

Os bares do Jacaré só funcionaram até a terça-feira (30) em cumprimento a um acordo judicial para desocupação da área que pertence à União e é de preservação ambiental.

Os proprietários têm até o dia 10 de julho para a retirada dos equipamentos e até o dia 30 deste mês para retirar a estrutura que está fincada no rio Paraíba.

Os proprietários ainda tentaram no dia anterior ao prazo do acordo adiar a desocupação, através de recurso na Justiça, mas não conseguiram.

O fim do tradicional bolero de Ravel ao som do sax de Jurandy será causou polêmica nas redes sociais, mas acabou motivando a elaboração do projeto que será divulgado nesta sexta-feira pela Prefeitura de Cabedelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas