Jos? Maranh?o diz que renuncia de Dilma poderia piorar situa??o do pa

5
0
COMPARTILHE

O senador José Maranhão (PMDB-PB) disse nesta segunda-feira (10) que as crises política e econômica estão relacionadas entre si e a celeridade do judiciário em julgar os casos de corrupção advindos da Operação Lava Jato pode ser um passo importante para dissolução desta crise.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Maranhão acredita que uma resposta rápida da justiça no julgamento e condenação dos envolvidos na operação Lava Jato pode ajudar a abreviar os efeitos da crise. O senador também acredita que uma renúncia ou um impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), como vem sendo cogitado, pode piorar a situação do país.

José Maranhão afirmou ainda que um dos principais motivos para a instabilidade que o governo federal atravessa é a forma como a presidente se relaciona com o Congresso Nacional. Segundo ele, falta habilidade política a presidente e a sua assessoria política para uma convivência harmoniosa entre os Poderes Executivo e Legislativo. “Na história recente da política nacional não há um presidente que manteve uma relação conflituosa com o Congresso que tenha ido bem”, lembrou.

O senador lembrou que a crise entre o Planalto e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-PB), teve início desde a eleição da Mesa Diretoria, quando o PT, com apoio do Planalto, lançou um candidato para competir com Cunha, quando haveria um acordo para que o PMDB ficasse com a presidência da Câmara.

Apesar de criticar a relação do governo Federal para com o Congresso, Maranhão fez questão de ressaltar que as posições mais radicais do presidente Eduardo Cunha, não encontram respaldo no partido, que segue dando sustentação ao governo e ressaltou que 42 deputados do Partido dos Trabalhadores votaram em matérias que aumentam os gastos do governo coma máquina.

Além da celeridade da justiça, outro ponto que segundo o senador José Maranhão poderia contribuir para o governo enfrentar a crise política, seria a celeridade no tocante a obras estruturantes do governo e citou a Integração de Bacias do Rio São Francisco (Transposição) como exemplo de obra que poderia ter melhorado a imagem do governo no Nordeste, se já tivesse sido concluída.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas