Justiça decreta prisão preventiva contra três detidos por fraudes em concursos na PB

29
COMPARTILHE

A Justiça converteu, nesta sexta-feira (19), de prisões temporárias para prisões preventivas de dois presos envolvidos na ‘Operação Gabarito’, que combate fraudes relativas a aprovações em concursos públicos na Paraíba e diversos estados do Nordeste. Com a conversão, os suspeitos ficarão presos por tempo indeterminado. Ainda na decisão, a Justiça também decretou a prisão preventiva de um homem tido como membro do segundo escalão de comando da quadrilha. Comente no fim da matéria.


Leia também: Lista de compradores de gabaritos chega a 70 pessoas e seis se apresentam à polícia

Esse suspeito do segundo escalão já teria sido aprovado em quatro concursos públicos e conseguiu fugir da polícia ao ser avisado sobre a operação no Rio Grande do Norte.


Leia mais Notícias no Portal Correio

Durante a investigação, a polícia já conseguiu identificar pelo menos 70 pessoas que haviam contratado os serviços da quadrilha para serem aprovadas em concursos públicos.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas