Justiça eleitoral nega candidatura de Nabor Wanderley à prefeitura de Patos, na PB

15
0
COMPARTILHE

A justiça eleitoral negou registro de candidatura ao deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB), que pretendia disputar a prefeitura de Patos, Sertão paraibano, a 310 km de João Pessoa. O vice na chapa de Nabor, Zé Lacerda (PSB), também teve pedido de candidatura vetado. Eles têm direito a recorrer da decisão. A redação tentou contato com Nabor Wanderley para que ele se pronunciasse sobre o caso, mas as ligações não foram atendidas.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

A decisão acolhe pedido de impugnação feito pelo PSDB. O partido argumenta que Nabor recebeu condenação em oito processos julgados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). As ações seriam sobre fraudes em licitações e outros atos considerados improbidade administrativa.

Nabor Wanderley anunciou candidatura à prefeitura de Patos com apoio da atual gestora municipal, Chica Motta (PMDB), que foi afastada do cargo em operação da Polícia Federal nesta sexta-feira (9). Na operação, foram presas pessoas suspeitas de participar de organização criminosa que teria desviado R$ 11 milhões em recursos federais, entre elas a filha de Chica, Ilana Motta, mãe do deputado federal e ex-presidente da CPI da Petrobras, Hugo Motta.  

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas