Justiça Federal suspende empresas envolvidas com fraudes em licitações na PB

15
COMPARTILHE

A Justiça Federal em Sousa deferiu o pedido de liminar do Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) e suspendeu as atividades de duas empresas administradas por um dos principais réus da ‘Operação Andaime’.


Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Na decisão, a Justiça Federal alegou que existem fortes indícios contra as empresas sobre a prática de conduta de frustrar ou fraudar o caráter competitivo de licitações públicas.

“Há provas mínimas suficientes a caracterizarem os atos lesivos à administração pública assim como na responsabilização objetiva dessas empresas. Assim como de criar, de modo fraudulento ou irregular, pessoa jurídica para participar de licitação pública ou celebrar contrato administrativo”, afirmou a Justiça Federal, que também apontou participação de funcionários públicos no esquema.

A Justiça também determinou que a à Junta Comercial da Paraíba, à Receita Federal e os tribunais de contas da Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará, sejam comunicados da decisão.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

 

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas