Operação Shark

Operação Shark

Operação Shark

Justiça solta vereador e suplente suspeitos de fraudes em licitações na PB

Vereador Flávio Pereira (PRP) e o suplente de vereador Tubarão, foram soltos na noite dessa quinta-feira (11), após despacho da juíza da 1ª Vara de Santa Rita

193
0
COMPARTILHE

O vereador licenciado Flávio Pereira (PRP) e o suplente de vereador Etelvandro de Oliveira (PSD), o Tubarão, foram soltos na noite dessa quinta-feira (11), após despacho da juíza da 1ª Vara de Santa Rita, Lílian Cananéa.

De acordo com apuração da TV Correio, os dois respondem a denúncias de suposto envolvimento em um esquema fraudulento de licitações na Prefeitura de Santa Rita. O caso foi alvo de fiscalização desencadeada pelo Ministério Público que  desencadeou a Operação Shark em agosto do ano passado.

Enquanto aguardam a realização de nova audiência, que acontecerá no dia 3 de março, os dois respondem a processo em liberdade.

O vereador Flávio, que atualmente está licenciado do cargo, deve retornar ao legislativo santarritense no início do mês de fevereiro, quando acaba o recesso parlamentar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas