Lava Jato mira em Vital do Rêgo Filho e PF cumpre mandados em propriedades do paraibano

16
0
COMPARTILHE

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-senador da Paraíba, Vital do Rêgo Filho (PMDB), é alvo de operação deflagrada na manhã desta segunda-feira (5) pela Polícia Federal. O deputado federal Marco Maia (PT-RS) também está na mira das atividades. A operação, denominada Deflexão, é referente ao inquérito 4261
instaurado no âmbito da Lava Jato.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Conforme noticiou a Folha de S. Paulo, equipes da PF e da Procuradoria Geral da República (PRG) cumprem mandados de busca e apreensão em propriedades em Brasília, João Pessoa, Campina Grande, Porto Alegre e Canoas, Rio Grande do Sul. Os endereços são pessoais, funcionais e empresariais. 

Vital e Marco Maia são suspeitos de oferecer ‘blindagem’ a fornecedores da Petrobras na CPI mista do Congresso Nacional mediante pagamento de propinas. Conforme as investigações, os atos de corrupção teriam ocorrido em 2014. Na época, o paraibano era presidente da CPI da Petrobras. Marco Maia, por sua vez, ocupava a função de relator da comissão parlamentar.

“O inquérito apura se
parlamentares teriam solicitado a empresários contribuição financeira para que
não fossem convocados a prestar depoimento na CPMI. Os executivos afirmam ter
repassado valores superiores a R$ 5 milhões para evitar retaliações e
contribuir para campanhas eleitorais”, informou a Polícia Federal por meio de nota. 

Os mandados de busca e apreensão contra Vital e Marco Maia foram autorizados pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki.

Até a publicação desta matéria, as defesas de Vital do Rêgo Filho e Marco Maia ainda não tinham se pronunciado sobre o assunto.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas