Leil?o come?a com 440 ve?culos negociados e valores de R$ 1,9 mil, na Para?ba

20
0
COMPARTILHE

O Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) deu início, nesta sexta-feira (12), ao leilão presencial de 1.150 veículos, entre carros e motos, no Espaço Cultural, em João Pessoa. Até o fim da manhã, os 183 primeiros lotes oferecidos já haviam sido arrematados. A previsão é de que, ao final, por volta das 17h, todos os 440 itens disponibilizados para o leilão desta sexta-feira tenham sido negociados. Nos próximos dias 19 e 26 de junho, novos lotes de veículos serão leiloados.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Os compradores chegaram cedo e procuraram um bom lugar para não perder a chance de dar o melhor lance durante o leilão, que atraiu mais de mil pessoas, até de estados vizinhos, dentre elas, donos de sucatas, particulares e comerciantes. O comerciante Wendell Figueiredo foi um dos primeiros a chegar ao local e elogiou a organização realizada pela Comissão de leilão. “Grande iniciativa e organização, vamos ver se consigo arrematar um lance com preço bom para trabalhar”, disse.

O primeiro veículo arrematado foi uma moto Honda Fan 125, ano 2009/2010, comprada por R$ 1,9 mil por João Monteiro, que disse que era para uso próprio e deixou o local satisfeito com o negócio. “Acho que fiz um excelente negócio. Muito feliz pela oportunidade”, disse.

Nesta sexta-feira (12), foram leiloados 440 veículos que foram apreendidos por infração ao código de trânsito e não foram retirados pelos proprietários nos prazos e na forma da legislação. De acordo com o estado de conservação, os veículos são classificados entre recuperáveis ou sucatas.

De acordo com o superintendente do Detran, Aristeu Chaves, a iniciativa é de suma importância para o órgão e será permanente, pois promove a função de limpeza dos pátios e ainda o repasse de recurso para pagamentos de taxas e despesas provocadas pelos veículos.

Os veículos arrematados estão recolhidos no pátio do Detran, em Mangabeira, e poderão ser retirados a partir do dia 29 deste mês, desde que devidamente comprovada a quitação do lote arrematado e a comprovação bancária da compensação dos cheques, mediante autorização da Comissão Especial de Leilão de Veículos Apreendidos (Celva), com a apresentação do CPF, RG e CNH do arrematante.

De acordo com a legislação em vigor, o produto arrecadado com a venda dos veículos no leilão destina-se ao pagamento dos débitos pendentes sobre o bem, na seguinte ordem: débitos tributários; multas de trânsito e multas ambientais, obedecendo-se a ordem cronológica de sua aplicação; demais débitos incidentes sobre o veículo, inclusive as despesas referentes à notificações e editais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas