Leil?o da Aneel atrai investidores para quatro dos 11 lotes oferecidos

4
0
COMPARTILHE

O leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para a contratação de serviço público de transmissão de energia elétrica durou cerca de uma hora e teve interessados em apenas quatro dos 11 lotes oferecidos. A previsão de investimentos era R$ 7,8 bilhões mas, na média, houve participação de apenas 19% do total estimado (R$1,44 bilhão). O leilão foi na promovido nesta quarta-feira (26) na sede da Bolsa de Mercadorias e Futuros de São Paulo, BM&F Bovespa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

Para o diretor da Aneel, Reive Barros, o resultado ficou “aquém do esperado”. Ele disse que a Aneel ainda vai fazer uma avaliação sobre os motivos para a baixa procura, mas uma das razões pode ser a alta do dólar. Segundo ele, os empreendedores podem estar com receio dos preços futuros que poderiam ser praticados pelos fornecedores, tornando desvantajoso o investimento.

Entre os lotes licitados, o que conseguiu maior deságio, de 15,5%, foi o empreendimento previsto para Luziânia, em Goiás, com Receita Anual Permitida (RAP) fixada em R$ 21.123.287,99. O lote foi arrematado pelo grupo empresarial Celg Geração e Transmissão S.A.

Reive Barros argumentou ainda que um dos motivos para a baixa procura pode ser o fato de que muitas empresas que tradicionalmente participam de leilões da Aneel estão com obras em andamento ou em atraso. “Isso pode também ter inibido a participação de mais empresas.”

De acordo com o diretor da agência, a Aneel deve se reunir com vários segmentos que envolvem as questões de riscos desse tipo de empreendimento – como os relacionados a meio ambiente – para tentar aprimorar ainda mais o formato da oferta pública, já que mais dois leilões estão previstos para ocorrerem ainda neste ano, sendo um deles em outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas