Levantamento da CBF mostra Corinthians favorecido pelo apito

0
COMPARTILHE

O corintiano reclamou muito o pênalti não marcado em Jô nos instantes finais da derrota para o Botafogo, na última segunda-feira (25). Em contrapartida, os rivais não cansam de lembrar o gol de mão do atacante na vitória do time paulista contra o Vasco, na 24ª rodada. Mas afinal, o Timão tem sido beneficiado ou prejudicado pelos homens do apito?

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

1ª rodada – Corinthians 1 x 1 Chapecoense

Favorecido – Gabriel bloqueia a bola com o braço, dentro da área, e o árbitro Elmo Alves Resende Cunha manda o lance seguir.

7ª rodada – Corinthians 1 x 0 Cruzeiro

Favorecido – O Cruzeiro poderia ter tido a chance do empate se o árbitro Leandro Vuaden marcasse um pênalti de Pablo sobre Ábila. O zagueiro do Timão claramente puxou a camisa do atacante celeste no lance.

8ª rodada – Coritiba 0 x 0 Corinthians

Prejudicado
– Aos 42 minutos do segundo tempo, Jô recebeu a bola na linha dos penúltimos defensores e finalizou para o gol. O árbitro assistente sinalizou impedimento e atrapalhou uma possível vitória corintiana.

11ª rodada – Corinthians 1 x 0 Botafogo

Favorecido
– Defensor do Botafogo comete falta em Guilherme Arena fora da área. O árbitro Rodolpho Toski Marques marca pênalti.

17ª rodada – Corinthians 1 x 1 Flamengo

Prejudicado – Em um dos lances mais polêmicos de todo o campeonato, Jô recebe passe a mais de três metros atrás da linha bola, dois zagueiros completam a condição legal, mas o juiz Ricardo Marques Ribeiro marca impedimento e anula equivocadamente o gol do Corinthians.

24ª rodada – Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

Favorecido – Outro erro emblemático neste Campeonato Brasileiro. Após cruzamento de Marquinhos Gabriel, Jô marcou com o braço, mas o árbitro Elmo Alves Resende Cunha deu gol legal.

26ª rodada – Cruzeiro 1 x 1 Corinthians

Prejudicado – No empate no Mineirão, Balbuena, em posição regular, marca de cabeça, porém o juiz acompanha a marcação do bandeirinha e assinala impedimento do zagueiro corintiano.

27ª rodada – Corinthians 3 x 1 Coritiba

Favorecido – Atacante do Coxa, Rildo recebe a bola de seu companheiro na mesma linha dos defensores e finaliza para o gol. Árbitro e árbitro assistente marcam tiro livre indireto – impedimento.

Em tempo: a comissão de arbitragem da CBF ainda não analisou o desempenho dos árbitros nas últimas três rodadas.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas