Licença maternidade passa a ser de seis meses para mães de bebês com microcefalia

0
COMPARTILHE

Mães que tiverem filhos com microcefalia passam a ter direito à licença maternidade de 180 dias, conforme publicado na edição dessa terça-feira (28) do Diário Oficial da União (D.O.U). A licença vale para casos da doença congênita ou com sequelas neurológicas relacionadas às transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.


Leia também:

– CG está entre seis cidades do Brasil que terão programa para tratamento da microcefalia

– Saúde confirma quatro novos casos de microcefalia na PB em uma semana

Segundo a publicação, a licença é válida independente do regime de contratação. Antes, o benefício era de 120 dias para mulheres contratadas sob regime de CLT em empresas privadas.

Ainda conforme a lei, bebês com microcefalia provocadas por doenças do Aedes têm direito ao benefício de prestação continuada, que é concedido a pessoas com deficiência, por até três anos.

O benefício é de um salário mínimo (R$ 880,00), para famílias com renda menor de R$ 220.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas