Liga Chinesa limita o número de estrangeiros em campo de 4 para 3

10
0
COMPARTILHE

O futebol chinês, que vem assustando o mundo com suas contratações milionárias, terá uma nova regra: o número de estrangeiros dentro de campo caiu de 4 para 3. O comunicado foi feita pela rede de televisão Lesports, que tem os direitos de transmissão da Liga.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

Essa nova medida foi tomada depois que a imprensa local criticou fortemente o excesso de estrelas estrangeiras nos clubes com salários estratosféricos, deixando de valorizar os jogadores locais. Lembrando que cada equipe pode ter até, no máximo, cinco jogares estrangeiros no elenco. Além da redução, outra medida foi adotada para enaltecer mais os jogadores chineses e tentar melhorar a qualidade do futebol. Agora, obrigatoriamente, todos os times deverão ter pelo menos dois jogadores menores de 23 anos no elenco e pelo menos um deles terá que ser titular em cada partida. Também foi determinado que agora não seja mais necessário que um dos estrangeiros de cada equipe faça parte de outro país da Ásia, como era até este domingo (15).

O mercado chinês se tornou um ponto fora da curva nos últimos anos, com dezenas de jogadores, muitos deles considerados estrelas mundiais, indo para o país por quantias milionárias e salários maiores que na Europa. No ano passado, o brasileiro Hulk saiu do Zenit, da Rússia, para integrar o elenco do Shanghai SIPG, por 55 milhões de euros, tornando-se a maior transferência da história do mercado asiático. No início deste ano, outro brasileiro também chegou ao futebol do país por quantias absurdas. Oscar trocou o Chelsea, da Inglaterra, pelo mesmo Shanghai SIPG por 52 milhões de libras, batendo o recorde de Hulk. Porém, poucos dias depois, Carlitos Tevez foi anunciado pelo Shanghai Shenhua e irá receber o maior salário da história do futebol, cerca de R$ 129,4 milhões por ano do time.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas
páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no
Youtube. Você também
pode enviar informações à Redação
do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas