Lira vai integrar Comiss?o do Desenvolvimento Nacional no Senado

5
0
COMPARTILHE

Indicado pelo PMDB, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) vai integrar a Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional, que será instalada no Senado Federal na próxima terça-feira, 1º de setembro, às 15h. Os nomes dos senadores que vão integrar a comissão foram anunciados pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

A comissão terá por objetivo sistematizar as propostas já existentes no Senado que tratem da promoção do desenvolvimento nacional. A ideia é que o colegiado selecione projetos de lei promissores, dentro dessa área, unifique sua tramitação e emita pareceres para que possam ser votados em Plenário de forma mais ágil.

Desde que assumiu o mandato de senador, Raimundo Lira sempre defendeu ações e propôs soluções para a retomada do desenvolvimento nacional, particularmente, da Paraíba. Em recente pronunciamento no Senado, ele defendeu a implantação de políticas de desenvolvimento da Região Nordeste, particularmente, para a Paraíba.

O parlamentar disse que o Nordeste tem grande importância para o desenvolvimento econômico do País, e por isso, precisa de investimentos mais robustos. O senador paraibano defendeu o fortalecimento da Política Nacional de Desenvolvimento Regional, que considera prioritária para o país.

O Brasil, segundo ele, não pode crescer de forma sustentável em meio às desigualdades regionais. Ele disse que a inclusão econômica, política e social do Nordeste passa pelo fortalecimento das instituições desenvolvimentistas, que devem assumir papéis cada vez mais arrojados para que a região continue crescendo a taxas superiores à nacional.

Além de Raimundo Lira, integram a Comissão como membros titulares, os senadores Humberto Costa (PT-PE), Lindbergh Farias (PT-RJ), Acir Gurgacz (PDT-RO), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Simone Tebet (PMDB-MS), Romero Jucá (PMDB-RR), Antonio Anastasia (PSDB-MG), Paulo Bauer (PSDB-SC), Ronaldo Caiado (DEM-GO), Roberto Rocha (PSB-MA), Douglas Cintra (PTB-PE) e Blairo Maggi (PR-MT).

E, como suplentes: Fátima Bezerra (PT-RN), Paulo Paim (PT-RS), Cristovam Buarque (PDT-DF), Valdir Raupp (PMDB-RO), Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), Waldemir Moka (PMDB-MS), Wilder Morais (DEM-GO) e Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).

Também será criada uma comissão especial, composta por 14 membros titulares e igual número de suplentes, para sistematizar as propostas da Agenda Brasil, conforme decisão de líderes partidários, bem como, a comissão de juristas para analisar propostas em tramitação e formular anteprojetos de lei que promovam a desburocratização da administração pública.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas