Mais de 120 mil estudantes da PB são avaliados na Prova Brasil

72
0
COMPARTILHE

Mais de 120 mil estudantes paraibanos são avaliados na Prova Brasil, aplicada pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/Ministério da Educação e Cultura (MEC). A aplicação da Prova Brasil iniciou, nesta segunda-feira (23), nas 14 Gerências Regionais de Educação do Estado. Participam da Prova Brasil, que avalia as disciplinas de Matemática e Português, os estudantes do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e os estudantes da 3ª série do Ensino Médio.

Leia mais notícias no Portal Correio

Ao todo, foram montados na Paraíba 57 polos de apoio à aplicação da Prova Brasil, com a participação de 900 aplicadores, capacitados por esses polos. Estudantes dos cursos técnicos também terão suas habilidades avaliadas. Participam do exame os alunos das redes estadual, municipal e privada. A Prova Brasil será aplicada até o dia 3 de novembro.

São, no total, 1.893 escolas que participam da Prova Brasil. Este ano, a grande novidade é que o resultado dos estudantes do Ensino Médio – 3ª série – será conhecido. Antes, eles só participavam de forma censitária.

Importância da Prova

A Prova Brasil é um dos indicadores mais importantes do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que formará o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A média obtida pelos alunos é o resultado das notas tiradas nas disciplinas de Português e Matemática e de fatores como frequência em sala de aula (ProficiênciaXFluxo).

Segundo a gerente executiva da Educação Infantil e Ensino Fundamental, Marta Medeiros, a importância da Prova Brasil está no fato de avaliar os fatores globais da escola. “É um importante indicador de como deveremos elaborar as políticas públicas para melhorar ainda mais a educação brasileira”, disse.

Saeb

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) tem como principal objetivo avaliar a Educação Básica brasileira e contribuir para a melhoria de sua qualidade e para a universalização do acesso à escola, oferecendo subsídios concretos para a formulação, reformulação e o monitoramento das políticas públicas voltadas para a Educação Básica. Além disso, procura também oferecer dados e indicadores que possibilitem maior compreensão dos fatores que influenciam o desempenho dos alunos nas áreas e anos avaliados.

Leia mais notícias em portalcorreio.com.br, siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e veja nossos vídeos no Youtube. Você também pode enviar informações à Redação do Portal Correio pelo WhatsApp (83) 9 9130-5078.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here
Please enter your comment!

Notícias mais lidas