dois-mil-policiais-estarao-nas-ruas-na-operacao-reveillon-da-pm
Polícia Militar. (Foto: Divulgação/Secom-PB)

Mais de 2 mil policiais farão ‘Operação Réveillon’ da PM

Operação tem o objetivo de aumentar a segurança neste período por causa do aumento do fluxo de pessoas nas ruas

1
COMPARTILHE

O último fim de semana do ano vai contar com a Operação Réveillon da Polícia Militar, que mobilizará mais de 2 mil policiais para intensificar as abordagens, bloqueios policiais e ocupação das áreas com maiores índices de registros de crimes contra a vida e contra o patrimônio, em ações orientadas pela estatística e setor de inteligência da corporação. O trânsito, além das blitzen que serão montadas, terá uma atenção redobrada.

Serão empregados também 130 bombeiros militares exclusivamente para esses eventos. Eles atuarão auxiliados por 23 viaturas, inclusive embarcações, que farão ponto base no perímetro das festas e estarão distribuídas entre todas as modalidades de atendimento da corporação.

A operação tem o objetivo de aumentar a segurança neste período por causa do aumento do fluxo de pessoas nas ruas, em decorrência da preparação e comemoração da chegada do novo ano. O plano de operação começa nesta sexta-feira (29) e só termina na madrugada da terça-feira (2).

Para o réveillon no Litoral foi definido um esquema de segurança com 400 policiais de reforço na Grande João Pessoa, que tem como local de maior movimentação o Busto de Tamandaré, na Capital, conforme informou o coronel Lívio Delgado, comandante do Policiamento da Região Metropolitana (CPRM).

“Mais da metade deste reforço será destinada para as praias de Tambaú e Cabo Branco, onde é esperado um grande público. Então estamos com esse plano de atuação que envolve policiamento a pé, motorizado, a cavalo e a tecnologia dos drones e monitoramento por câmeras de segurança”, adiantou.

O coronel acrescentou que são mais de 10 eventos que a PM vai reforçar a segurança neste fim de semana.

“São 11 eventos públicos de pequeno, médio e grande porte que estaremos atuando, além da intensificação do policiamento nas cidades que compõem a Região Metropolitana, com foco principal para as abordagens a suspeitos, carros, motos e ônibus, já que a movimentação de pessoas é grande nas ruas e tudo será acompanhado pelas atividades da Operação Réveillon”, destacou.

Em respeito à Legislação Eleitoral, o Portal Correio não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2018 se encerrem.

Notícias mais lidas